Somatomamotropina coriônica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


A Somatomamotropina coriônica é um petídeo importante no desenvolvimento fetal e maternal. Essa é produzida por glândulas da placenta, somente em grávidas, e atua em muitos tecidos. Etmologicamente (SOMATOMAMOTROPINA CORIÔNICA) - Somato significa corpo, referente ao soma, e mamo significa mama, referente à glandula mamária e ainda, tropina significa preferencia de atuação, referente à tropismo, tropia ou trofia, local de ação. Coriônica pois é produzida pelo Cório, localizado na placenta. A Somatomamotrofina coriônica age no metabolismo organico do feto (soma fetal), aumentando-o e colaborando no desenvolvimento fetal e, por outro lado, possui trofia ou tropismo pelo tecido mamário materno, levando ao desenvolvimento daquela glandula.