Sonae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Ambox important.svg
Este artigo ou seção parece estar escrito em formato publicitário ou apologético.
Por favor ajude a reescrever este artigo para que possa atingir um ponto de vista neutro, evitando assim conflitos de interesse.
Para casos explícitos de propaganda, em que o título ou todo o conteúdo do artigo seja considerado como um anúncio, considere usar {{spam}}, regra n° 6 da eliminação rápida.
Sonae
Sonae SGPS, S.A.
Sonae2010.png
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação Euronext Lisboa: SON
Indústria Retalho (alimentar e não alimentar), centros comerciais, telecomunicações, retail properties e gestão de investimentos
Fundação 1959
Fundador(es) Afonso Pinto de Magalhães
Sede Maia,  Portugal
Pessoas-chave Paulo Azevedo (Chairman e Co-CEO)
Ângelo Paupério (Co-CEO)
Empregados 40,000 (2014)
Produtos Hipermercados, supermercados, lojas de conveniência, lojas de proximidade, restauração, parafarmácias, livrarias, vestuário, desporto, eletrónica, centros comerciais, administração de imóveis, investimentos financeiros, telecomunicações, software e sistemas de informação e media.
Subsidiárias Sonae MC, Sonae SR, Sonae RP, Sonae Sierra (50%), Sonaecom (89,9%)
Valor
de mercado
Aumento EUR 2,324 mil milhões (Jul/2014)[1]
Lucro Aumento EUR 319,0 milhões (2013)
Faturamento Aumento EUR 4,821 mil milhões (2013)[2]
Significado
da sigla
Sociedade Nacional de Estratificados
Página oficial Sonae.pt

A Sonae é uma empresa de Retalho portuguesa (Sonae MC e Sonae SR), com parcerias nas áreas de Centros Comerciais (Sonae Sierra) e de Software e Sistemas de Informação, Media e Telecomunicações (Sonaecom). Com 40.000 colaboradores é o maior empregador privado em Portugal. A Sonae está listada na Euronext PSI-20, em Lisboa[3] , com o código SON.

Em 2014 a Sonae Sierra apresentou lucros de 96,3 milhões de euros, contra 3,6 milhões de euros registados no ano anterior. A empresa é proprietária de 46 centros comerciais, com um valor de mercado de seis mil milhões de euros.[4]

História[editar | editar código-fonte]

A Sonae foi criada em 1959, pelo empresário, banqueiro e mecenas, natural de Arouca, Afonso Pinto de Magalhães.

Inicialmente o negócio da Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados) incidia sobre a área das madeiras processadas, mais especificamente, na produção de painéis laminados decorativos de alta-pressão.[5] Durante as duas primeiras décadas de existência, a Sonae manteve-se como uma PME (pequena-média empresa).

Afonso Pinto de Magalhães, também fundador do Banco Pinto Magalhães, colocou Fábio Lemos no controlo da Sonae nos anos turbulentos após a Revolução dos Cravos.[6] Nesse período a empresa foi nacionalizada e depois reprivatizada.

Em 1982, Afonso Pinto de Magalhães, oferece 16% da Sonae a Belmiro de Azevedo e, após a sua morte, Belmiro de Azevedo atinge a maioria do capital, assumindo o controlo da empresa. Durante os anos 80 a Sonae iniciou o seu crescimento, e em 1985 foi criada a Sonae Investimentos SGPS (Sociedade Gestora de Participações Sociais), S.A., que integrou com sucesso a bolsa de valores de Lisboa.[7]

Foi também no início da década de 80 que a Sonae iniciou a estratégia de diversificação de negócio através de aquisições e criação de novos negócios: abertura do primeiro hipermercado em Portugal (Continente), inauguração do Hotel Porto Sheraton (atual Porto Palácio Hotel), compra da Star (viagens), e abertura dos dois primeiros centros comerciais Sonae (em Portimão e Albufeira). A par desta expansão que se estendeu para a área das Tecnologias de Informação, Entretenimento e Turismo, a Sonae encetou uma expansão territorial tendo hoje uma presença global, em diversas áreas.

Paulo de Azevedo assumiu em 2007 a liderança do grupo Sonae, sucedendo ao pai Belmiro de Azevedo.[8]

Em março de 2015, Belmiro de Azevedo anunciou a saída de chairman da Sonae. Paulo de Azevedo foi escolhido para chairman e CEO do grupo Sonae, repartindo a presidência da comissão executiva com Ângelo Paupério, que até aqui era vice-presidente da Sonae.[9]

Organização[editar | editar código-fonte]

Atualmente a Sonae tem uma estrutura organizacional separada pelas diferentes áreas de negócio, onde estão inseridas as subholdings[10] :

Negócios Core

  • SonaeMC - Área do retalho alimentar, num conjunto de formatos diferentes: Continente (hipermercados), Continente Modelo (supermercados), Continente Bom Dia (supermercados de conveniência), Continente Ice (especialistas em ultracongelados), Meu Super (lojas de proximidade em franchising), Bom Bocado (restauração), Note! (livraria/papelaria/presentes) e Well's (parafarmácia).[11]
  • SonaeSR - Área de retalho não-alimentar, nomeadamente desporto, vestuário e eletrónica, com as marcas SportZone (desporto), MO (têxtil) e Zippy (roupa e acessórios para criança), Worten (electrodomésticos, eletrónica de consumo e entretenimento) e Worten Mobile (telecomunicações móveis), Pet&Plants (artigos de jardim e animais de estimação).[12]


Parcerias Core

  • Sonae Sierra - Especialista internacional em centros comerciais. Fundada em Portugal em 1989 é detida pela Sonae (Portugal) em 50% e pela Grosvenor (Reino Unido) em 50%. Actualmente a empresa opera em Portugal, Alemanha, Argélia, Azerbaijão, Brasil, China, Colômbia, Espanha, Grécia, Itália, Marrocos, Roménia, Rússia e Turquia. No total, a Sonae Sierra é proprietária de 47 centros comerciais com uma área bruta locável de 1,9 milhões de m2 e um valor de mercado de 5,9 mil milhões de euros.[13]
  • Sonaecom - Parceria da Sonae na área das telecomunicações, software e sistemas de informação e media, que desenvolve um papel ativo na gestão integrada das áreas de negócio que lhe correspondem. Entre o universo de empresas da Sonaecom estão a NOS[14] (telecomunicações), a BizDirect (comercialização de soluções de IT multi-marca), a Mainroad (serviços de disponibilidade e continuidade de negócios), a WeDo Technologies (software), e a Saphety (soluções de simplificação e automatização de processos). Na área de media, a Sonaecom detém ainda o jornal Público, diário de referência em Portugal.


Negócios Relacionados

  • SonaeRP - Criada em 2009, a Sonae Retail Properties está focada na gestão e desenvolvimento dos seus ativos imobiliários como forma de suporte aos objetivos de crescimento dos negócios de retalho da Sonae.


Investimentos Ativos

  • Gestão de Investimentos - Área de negócio responsável pelas fusões e aquisições. Do seu portefólio de negócios fazem parte a MDS, Cooper Gay e Herco (Seguros), a Geostar (agência de viagens, numa joint-venture com o Grupo RAR), e a Maxmat (bricolage, numa joint-venture com CRH).


Autonomizada desde 2007, existe ainda a Sonae Capital, presidida pela filha de Belmiro de Azevedo, Claúdia Azevedo[15] , que possui três áreas de negócio[16] :

  • Sonae Turismo - Desenvolvimento de negócios nas áreas de Resorts, Hotelaria e Fitness.
  • Energia - Gestão de Centrais de cogeração e parques fotovoltaicos.
  • Spred SGPS - Promove investimentos em refrigeração, AVAC e manutenção; energia e ambiente; e participações financeiras.

Inovação[editar | editar código-fonte]

Em 2012 a Sonae investiu mais de 70 milhões de euros em investigação na área do retalho, num programa de investimento que envolveu 3.200 colaboradores. Em 2014 a empresa compilou num livro 80 das inovações desenvolvidas em áreas como a Saúde e tecnologia.[17]

Sustentabilidade[editar | editar código-fonte]

Em 2013, o apoio da Sonae à comunidade atingiu os 10,6 milhões de euros, dos quais cerca de 5 milhões de euros foram em doações de géneros alimentares, e impactou mais de 2.000 instituições.[18] Neste âmbito, as principais áreas de intervenção são: Sensibilização Ambiental, Cultura, Educação, Saúde e Desporto, Ciência e Inovação e Solidariedade Social.[19]

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

A Sonae tem recebido prémios e distinções em diversas áreas, tendo sido distinguida como uma das empresas mais éticas do mundo[20] , como Master de Capital Humano[21] e com o ICSC Solal Marketing Awards[22] . Segundo a última edição do relatório Global Powers of Retailing, realizado pela Deloitte e a revista norte-americana Stores, a Sonae integra a lista das 250 maiores retalhistas do mundo, posicionando-se agora em 155.º, o que equivale a uma subida de 10 lugares face à classificação anterior[23] . Em 2015, as principais marcas de retalho da Sonae foram distinguidas pelos portugueses como “Marcas de Confiança”, de acordo com o estudo internacional promovido pelo 15º ano consecutivo pelas Selecções do Readers Digest[24] .

Centros comerciais Sonae[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

8.ª Avenida | AlbufeiraShopping | AlgarveShopping | Arrabidashopping | Cascaishopping | CC Continente de Portimão | Centro Colombo | Centro Vasco da Gama | CoimbraShopping | Gaiashopping | Estação Viana Shopping | GaiaShopping | Guimarães Shopping | LeiriaShopping | LoureShopping | Madeira Shopping | MaiaShopping | Norteshopping | Parque Atlântico | RioSul Shopping | Serra Shopping | Via Catarina

Brasil[editar | editar código-fonte]

Boavista Shopping | Boulevard Londrina Shopping | Franca Shopping | Manauara Shopping | Parque D. Pedro | Passeio das Águas Shopping | Shopping Campo Limpo | Shopping Metrópole | Shopping Plaza Sul | Uberlândia Shopping/Tangará Shopping

Espanha[editar | editar código-fonte]

Dos mares | GranCasa | La Farga | Luz del Tajo | Max Center | Plaza Mayor | Valle Real | Zubiarte

Itália[editar | editar código-fonte]

Freccia Rossa | Gli Orsi | Le Terrazze

Alemanha[editar | editar código-fonte]

Alexa | Hofgarten Solingen | Loop5

Grécia[editar | editar código-fonte]

Pantheon Plaza

Roménia[editar | editar código-fonte]

River Plaza Mall

Referências

  1. Sonae SGPS SA.Reuters
  2. Sonae regista um crescimento de 3,2% em 2013.Revista Grande Consumo
  3. Euronext Composição 20 ações da bolsa de valores recuperado 28 de Agosto 2011 (en)
  4. Sonae Sierra com lucros de 96,3 milhões de euros.
  5. Sonae - Hístoria recuperado 28 de Agosto 2011
  6. Sonae - Hístoria recuperado 28 de Agosto 2011
  7. Sonae - Hístoria
  8. Paulo Azevedo: "Vamos ser grandes e internacionais". Publicado a 21 de Março de 2011, Jornal de Negócios
  9. Belmiro de Azevedo anuncia saída de chairman da Sonae Diário Económico (9 de março de 2015).
  10. Áreas Negócio Sonae - Site Oficial, recuperado a 16 junho 2014
  11. Marcas Sonae - Site Oficial recuperado a 16 junho 2014
  12. Marcas Sonae - Site Oficial recuperado a 16 junho 2014
  13. Sonae Sierra, Anuário de Sustentabilidade 2014, 10 anos de comunicar sustentabilidade.
  14. Fusão ZON/Optimus, Jornal de Negócios, consultado a 16 junho de 2014
  15. Cláudia Azevedo assume presidência executiva da Sonae Capital Público (18 de Março de 2013).
  16. Apresentação Sonae Turismo - Áreas de Negócio, Site Oficial, consultado a 16 junho 2014
  17. Sonae investe mais de 70 milhões em investigação na área do retalho, Jornal de Negócios, publicado a 20 maio 2014
  18. Sonae reforça apoio à comunidade para 10,6 milhões, Diário de Viseu, publicado a 17 março 2014
  19. Abordagem à Sustentabilidade, Site Oficial, consultado a 7 julho 2014
  20. Sonae distinguida como “Empresa Mais Ética do Mundo”, Jornal de Negócios, publicado a 12 março 2013
  21. SONAE SR vence Master do Capital Humano, Universia, publicado a 27 março 2014
  22. Promofans conquista distinção internacional, Marketeer Online, publicado a 19 maio 2014
  23. Jerónimo Martins e Sonae sobem no "ranking" das maiores retalhistas do mundo, Jornal de Negócios Online, publicado a 12 janeiro 2015
  24. Marcas da Sonae lideram confiança dos portugueses, Grande Consumo Online, publicado a 13 março 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]