Sonata para piano n.º 17 (Beethoven)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Sonata para piano n. ° 17, em Ré Menor, Opus 31, n. ° 2 foi composta por Ludwig van Beethoven entre 1801 e 1802. É geralmente referida como 'A Tempestade' (em alemão, Der Sturm), porém, tal título não foi dado pelo próprio Beethoven. O nome vem de uma alegação por parte de seu associado, Anton Schindler, de que a sonata havia sido inspirada na peça homônima de Shakespeare. [1] No entanto, grande parte das informações de Schindler são desconfiadas pelos estudiosos em música clássica.

Movimentos[editar | editar código-fonte]

Compassos iniciais da sonata n. ° 17

Os movimentos são três:

  1. Largo-Allegro
  2. Adagio
  3. Allegretto

A sonata demora, em média, 25 minutos para ser executada.

Análise[editar | editar código-fonte]

O primeiro movimento começa em compasso quaternário, com base na tonalidade de ré menor. Segue a forma sonata: exposição-desenvolvimento-resumo. [2]

O segundo movimento é um adagio em compasso ternário com base na tonalidade si bemol maior. Possui a forma de uma "cavatina" bipardida (exposição e recuperação do tema sem ritornellos e desenvolvimento), mas é também influenciada pela forma sonata. [3]

O terceiro é um Allegretto em compasso 3/8 com base na tonalidade de ré menor. A estrutura da sonata clássica é reconhecida pela maioria dos comentaristas.

Referências

  1. Anton Schindler, Biographie von Ludwig van Beethoven, 3. Aufl., Münster 1860, Band 2, S. 221
  2. Nielsen 1961, op. cit. , p. 250
  3. name=Rosen190>
    Rosen 2008
    pag. 190

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Sonatas de Beethoven