Songbird (media player)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Songbird
Songbird Logo.png
Songbird 0.7.png
Songbird 0.7
Desenvolvedor Pioneers of the Inevitable
Versão estável 1.10.2 (12 de janeiro de 2012; há 154 semanas)
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Tocador de mídia
Licença GPL
Página oficial getsongbird.com

Songbird é um aplicativo para computadores caracterizado como tocador de mídia, cujo código se encontra publicado segundo uma licença livre (free software) e que atualmente se encontra em versão beta. O Songbird é uma combinação entre tocador de mídia, jukebox digital e navegador de internet. Foi criado com o intuito de constituir-se como uma alternativa livre aos tocadores de licença proprietária, principalmente ao iTunes.

É construído na plataforma Mozilla XULRunner[1] , o que o torna disponível para Windows, Mac OS e Linux com poucas modificações. Utiliza o plugin VLC para reprodução de mídia (exceto para Linux, onde é utilizado GStreamer em substituição do VLC) e SQLite como motor para construção das listas de reprodução. O motor de layout é o Gecko, da Mozilla.

A primeira versão estável (0.1) apelidada de "Hilda" foi disponibilizada em 8 de fevereiro de 2006[2] .

O Songbird também é conhecido[carece de fontes?] por ser um dos candidatos a software mais parecido do famoso aplicativo Amarok a ter versão para Microsoft Windows. O Amarok é um aplicativo de execução e organização de mídia bastante usado na plataforma KDE.

Recursos[editar | editar código-fonte]

  • Disponível para diversas plataformas.
  • Reproduz MP3, AAC, Ogg Vorbis, FLAC e WMA.
  • Interface modificável por skins.
  • Detecção automática de arquivos de áudio armazenados nas páginas visitadas.
  • Agregador de feeds RSS com download de arquivos MP3.
  • Favoritos criados pelo usuário.
  • Possibilidade de "varrer" o computador, ou parte dele, a procura de arquivos de música.
  • Interface gráfica do usuário facilmente configurável.
  • Redução de interface para modo mini, com poucos botões.
  • Atalhos acessíveis por teclado (teclas de atalho).
  • Atualização automática para novas versões.
  • Múltiplos idiomas.
  • Adição de recursos por meio de extensões.
  • Integração à loja virtual eMusic através de um plugin de integração.
  • Integração ao Last.fm através de plugin audioscrobbler pré-instalado.
Recurso de detecção automática de arquivos de áudio em uma página

Extensões[editar | editar código-fonte]

Assim como seu navegador-base Firefox, o Songbird também permite o uso de extensões para potencializar seus recursos. O site oficial trás uma página com todas as extensões disponíveis. Entre elas estão o iTunes Importer, que importa bibliotecas e músicas do iTunes e o Wikipédia Artist Display, que exibe em uma pequena janela pop-up a página na Wikipédia anglófona do artista que interpreta a música executada atualmente.

Mudança de visual por skins[editar | editar código-fonte]

A versão 0.2 vem com três opções de visual: Rubberducky, interface padrão, escura com cores preto e cinza parecida com a do iTunes; Dove, interface idêntica à Rubberducky, porém absolutamente branca; Classic, interface simples que utiliza botões e quadros correspondentes aos padrões do sistema operacional utilizado. Também é possível encontrar para download na Internet outros skins (entretanto, skin, no Songbird, tem o nome de feather).

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.