Sonny Corleone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde setembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sonny Corleone
Nome original Santino Corleone
Língua original Inglês
Nascimento 1916
Nova Iorque,  Estados Unidos
Origem  Estados Unidos
Sexo masculino
Família Corleone
Falecimento 1947
Nova Iorque,  Estados Unidos
Filme(s) The Godfather, The Godfather: Part II
Interpretado por Roman Coppola (criança)
James Caan (adulto)
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Santino Corleone, também conhecido como Sonny Corleone (19161947) é um personagem fictício do romance The Godfather, de Mario Puzo. Foi interpretado por James Caan em The Godfather, de 1972, e por Roman Coppola em The Godfather: Part II, de 1974. Sonny é o filho primogênito de Vito Corleone e irmão de Fredo, Michael e Connie, além de ser irmão adotivo, Tom Hagen que é o consigliere da família.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Sonny desde criança mostrava interesse nos "negócios" da família. Foi assim que Don Vito o confiou aos cuidados de Peter Clemenza, para o preparar para os caminhos da máfia. Aos 11 anos de idade, Sonny encontrou um menino de rua, Tom Hagen, a que seu pai adotou e que posteriormente se tornou o consigliere da família. Tempos depois, Sonny tornou-se capo da família, sendo temido por seu temperamento explosivo.

Sonny começa a crescer em cena quando Virgil Sollozzo, o Turco, propõe a Don Vito uma aliança com a família Tattaglia. Durante uma reunião, Sonny demonstra interesse, mas cede à decisão de seu pai de não fazer acordo envolvendo narcóticos. Sollozo percebe o interesse de Sonny e tenta assassinar Don Vito, na esperança de que se Sonny assumisse o controle da família, o acordo estaria firmado. Contudo, Don Vito sobreviveu ao atentado e Sonny, inflamado também pelo assassinato de Luca Brasi, ordena o extermínio de Sollozo.

Seu irmão, Michael, fica incumbido de matar o "Turco" e, após concluir a missão, é enviado para a Sicília devido às retaliações das "Cinco Famílias". Don Emilio Barzini alia-se a Carlo Rizzi, cunhado de Sonny, para o matar. Sonny foi seguido pelos capangas de Barzini desde o apartamento de sua irmã, em Hell's Kitchen, até as proximidades de Long Beach, onde foi brutalmente assassinado.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Família[editar | editar código-fonte]