Soufrière Hills

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soufrière Hills
Vulcão em erupção
Coordenadas 16° 43′ N 62° 11′ W
Altitude 915[1]  m (3 002 pés)
Proeminência 915 m
Tipo estratovulcão andesítico
Localização Montserrat, Caraíbas
Cordilheira Arco Vulcânico das Antilhas Menores
Última erupção 2011

Soufrière Hills é um estratovulcão activo situado na ilha caribenha de Montserrat, cujo cume está composto por numerosos domos de lava. Trata-se de um vulcão de natureza andesítica cujo padrão actual de actividade inclui períodos de crescimentos de domos de lava, pontuados por breves episódios de colapso dos domos de que resultam fluxos piroclásticos, ejecção de cinzas e erupções explosivas. Possui 915 metros de altitude atualmente, muito embora possa variar de acordo com suas erupções, tem a forma de cone vulcânico e tem cobertura vegetal muito elevada.

Após um longo período de dormência tornou-se novamente activo em 1995, tendo ocorrido sucessivas erupções desde então. Havia ocorrido actividade sísmica em 1897-98, 1933-37 e novamente em 1966-67, mas a erupção de 18 de Julho de 1995 foi a primeira desde o século XVII.[2]

Consequências das erupções[editar | editar código-fonte]

As erupções tornaram grande parte de Montserrat inabitável, destruindo a cidade capital da ilha, Plymouth, e levando a evacuações generalizadas e ao abandono da ilha por parte de dois terços da sua população. Quando os fluxos piroclásticos começaram a suceder-se de modo regular, Plymouth foi evacuada, e algumas semanas mais tarde um fluxo piroclástico soterrou a cidade sob uma espessura de vários metros de materiais vulcânicos. A grande erupção de 25 de Junho de 1997 provocou a morte a 23 pessoas.

A actividade turística da ilha praticamente desapareceu logo após as erupções, encontrando-se actualmente em fase de regeneração.

Os governos do Reino Unido e Montserrat forneceram apoio à população, incluindo 41 milhões de libras; porém, ocorreram motins em que a população protestava contra o governo britânico por este não estar a fazer o suficiente para ajudar a população.[3]

Desde que entrou em erupção, este vulcão tornou-se um dos vulcões mais monitorizados do mundo, com o Montserrat Volcano Observatory a efectuar medições detalhadas e reportando a sua actividade ao governo e população locais.

Referências

  1. A altitude indicada é a de Chance’s Peak, tradicionalmente considerado o ponto mais alto. No entanto, o cone de lava em English’s Crater é presentemente estimado em mais de 930 m (2006): ver The CIA World Factbook on Montserrat.
  2. http://www.volcano.si.edu/world/volcano.cfm?vnum=1600-05%3D
  3. UK citizenship for island outposts - The Guardian

Ligações externas[editar | editar código-fonte]