Soul Edge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SoulEdge/SoulBlade
Capa da versão norte-americana do jogo.
Desenvolvedora Namco
Publicadora(s) Namco
Diretor Teruaki Konishi
Produtor Masuya Oishi]
Designer Hiroaki Yotoriyama
Compositor(es) Masumi Itou
Yoshiyuki Ito
Taku Iwasaki
Aki Hata
Suzi Kim
Khan Super Session
Plataforma(s) Arcade
Série Soul
Conversões/
relançamentos
PlayStation
Data(s) de lançamento Arcade:


PlayStation:
Gênero(s) Luta 3D
Modos de jogo Single player, multiplayer
Número de jogadores 1 a 2 jogadores
Classificação Permitido para maiores de 15 anos BBFC (Reino Unido)
Inadequado para menores de 13 anos i ESRB (América do Norte)
Mídia CD-ROM (PS1)
Controles Gamepad de 8 direções e 4 botões
Hardware
Sistema Namco System 11
Gabinete Em pé
Vídeo Raster, 640x480 pixels (Horizontal), 65536 cores
Último
Último
Soulcalibur
Próximo
Próximo

Soul Edge (ソウルエッジ, Sōru Ejji?) é o primeiro jogo da série Soul de jogos de luta, desenvolvido e publicado pela Namco. Ele foi lançado, inicialmente, para os arcades em 1996. Alguns meses depois, a Namco lançou uma nova versão intitulada Soul Edge Ver. II, feita para os jogadores que acharam o jogo muito difícil e que diziam que o chefe final era quase impossível de se vencer. Hwang (que inicialmente era apenas uma outra versão de Mitsurugi para a versão coreana do jogo) foi introduzido para os jogadores japoneses com uma nova lista de movimentos, Cervantes tornou-se um personagem jogável, danos sofridos na defesa e combos aéreos foram implementados, e todos os personagens receberam melhoras nas suas listas de movimento. Mais tarde, o jogo foi lançado para o Sony PlayStation, sendo renomeado para Soul Blade na Europa, na América do Norte e na Austrália. Soul Edge foi amplamente ofuscado pela sua sequência, Soul Calibur, que foi considerada como o ponto inicial da série em 1999.

Soul Edge é o nome da espada demoníaca, da qual a série se baseia. Ele foi o segundo jogo de luta em 3D a apresentar personagens que lutavam com armas, mesmo que colocar armas em personagens de luta já não fosse um conceito original; o jogo Samurai Shodown é um exemplo de jogo de luta em 2D com armas. À parte dos benefícios estéticos, dar armas ao personagens permitia uma grande diversidade entre eles, significando que haveria sempre uma pessoa para cada estilo de luta. Um excelente conceito de um combate baseado em armas implementado pela Namco é a importância da distância na jogabilidade. Os personagens mais lentos, com armas longas (ou de longo alcance) tentam atingir o oponente com um imenso impacto de uma certa distância, em quanto que o personagem rápido e com armas pequenas (ou de curto alcance) tentam chegar o mais próximo possível do oponente para atingí-lo com ataques rápidos. Porém, todos os personagens tem movimentos que podem influenciar no alcance da arma. Sendo assim, personagens de longo alcance podem acertar o oponente surprendentemente rápido e os mais lentos podem chegar mais rápido no inimigo se ele se descuidar por um momento.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Soul Edge introduziu muitos personagens que continuam nos jogos de hoje em dia, principalmente os personagens principais da série, que seguiram tanto como protagonistas quanto antagonistas ao longo da série; como Siegfried, e o samurai e a ninja, Mitsurugi e Taki, respectivamente. O total de personagens no jogo é quinze: oito na versão original de arcade, dez na versão melhorada do mesmo, e quinze na versão final para consoles:

Versão original de arcade:

Soul Edge Ver. II:

Versão para console:

  • SoulEdge – Espada longa dupla
  • Han Myong – Espada chinesa
  • Siegfried! – Siegfried quando foi possuído pela Soul Edge no seu final ruim. Este conceito foi usado, mais tarde, para criar o Nightmare.
  • Sophitia! – Sophitia sem armadura, tirado de seu final.
  • Sophitia!! – Sophitia vestindo uma roupa de mergulho, tirado de seu final alternativo.

Personagens não acabados, encontrados nos códigos do jogo na versão de console[2] :

  • Bangu - Bangoo é o filho adotivo de Rock, tirado do seu final. Ele usa a lista de movimentos de Seung Mina. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".
  • Belti - Fantasma de Vercci, tirado do final de Voldo. Ele usa a lista de movimentos de Cervantes. Seu nome aparece durante as lutas como "Sophitia".
  • Botsu Lilong - Uma versão alternativa de Li Long. Não existe nenhum código que seja possível utilizar para abrí-lo como um personagem jogável.
  • Chie - Amante de Li Long, tirada do seu final. Ela usa a lista de movimentos de Seung Mina. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".
  • Diver - O mergulhador do final do SoulEdge. Ele usa a lista de movimentos de Sophitia. Seu nome aparace durante as lutas como "SoulEdge".
  • Hage-Sieg - Uma versão alternativa de Siegfried, tirado do seu final alternativo. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".
  • Mabochie - O espírito de Chie do final alternativo de Li Long. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".
  • Monkasei - Aluno de Han Myong do final de Hwang (embora o modelo do personagem nunca fora utilizado, na verdade, durante o final). Utiliza a lista de movimentos de Mitsurugi. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".
  • Nugi Taki - Uma versão alternativa de Taki, sem rabo de cavalo, armadura e sapatos, tirada do seu final. Seu nome aparece durante as lutas como "Taki".
  • Standard - Uma versão alternativa de Mitsurugi, que move-se mais lento, sem rabo de cavalo, e que tem apenas a arma Murasame selecionável. Seu nome aparece durante as lutas como "Mitsurugi".
  • Teppou Hei - O homem que usa uma arcabuz, no final de Mitsurugi. Ele usa a lista de movimentos de Mitsurugi. Seu nome aparece durante as lutas como "Seung Mina".

Referências

  1. a b c 12 de setembro de 2010 (em Inglês). GameFaqs.
  2. Soul Blade (PSX) - Personagens no GameSharkGameFAQs. Título não preenchido, favor adicionar. Página visitada em 3 de Agosto de 2008.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]