Space Carrier Shuttle Aircraft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde maio de 2014).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e dire(c)ta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.


Aeronave de transporte de Ônibus Espacial
New Zealand PW-51.svg
Shuttle Carriers 905 e 911
Descrição
Tipo Avião de transporte espacial
Fabricante Boeing (Aeronave e modificação)
Introdução 1977
Produção 2 produzidos (retirados do serviço em 2012)
Tripulação/Equipa 4 - piloto, co-piloto e dois engenheiros de voo
Dimensões
Comprimento 70,5 metros
Envergadura 59,7 metros
Altura 19,3 metros
Área (asas) 510 m²
Pesos
Peso vazio (Tara) 144200 kg
Peso máx. decolagem 322000 kg
Propulsão
Motorização 4x turbofans Pratt & Whitney JT9D-7J
Potência Empuxo de 50 000 lbf (22 700 kgf)
Força de empuxo 222 kN
Performance
Velocidade máxima 735 km/h
Velocidade de
cruzeiro
0.6 Ma
Altitude máxima (com ônibus espacial) 4500 metros
Alcance (MTOW) (com ônibus espacial) 1850 km
Notas
Dados da Wikipédia anglófona - Shuttle Carrier Aircraft


O Shuttle Carrier Aircraft (aeronave de transporte de Ônibus Espacial) são dois jatos Boeing 747-100 modificados pela NASA para transporte de ônibus espacial.

Mídia[editar | editar código-fonte]

Especificações

Dados de: Boeing 747-100,[nota 1] Jenkins 2000.[nota 2]

Descrições gerais
Motorização
Performance



Notas das especificações

  1. Boeing 747-100 Especificações técnicas (em inglês).
  2. Jenkins, Dennis R. Boeing 747-100/200/300/SP (AirlinerTech Series, Vol. 6). Specialty Press, 2000. ISBN 1-58007-026-4.


Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.