Space Generation Advisory Council

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Space Generation Advisory Council (ou em português "Conselho Consultivo Geração do Espaço", ou simplesmente SGAC) é uma organização não-governamental que "visa incluir os pontos de vista de estudantes e jovens profissionais às Nações Unidas, agências espaciais e outras organizações", em apoio ao Programa das Nações Unidas em Aplicações Espaciais. Enquanto o termo "space Generation" refere-se à geração nascida após 4 de Outubro de 1957, o lançamento do Sputnik, a rede está sobretudo orientada para estudantes universitários e jovens profissionais no sector espacial, com idades compreendidas entre os 18-35 anos.

A organização tem sede em Viena, Áustria, e está também registada como organização nos Estados Unidos. A rede de voluntários tem mais de 4000 membros espalhados por 90 países com idades entre 18 e 35 anos. As línguas oficiais do SGAC são as seis línguas oficiais das Nações Unidas, embora a língua oficial de trabalho seja o inglês. 

Concebido na UNISPACE-III, o SGAC tem estatuto permanente de observador no Comité de Uso Pacífico do Espaço da Organização das Nações Unidas (UNCOPUOS) e busca desenvolver um conjunto pragmático de conselhos aos tomadores de decisão no campo da Política Espacial, levando em consideração os interesses de estudantes e jovens profissionais, de modo geral entre 18-35 anos de idade, com empenho na exploração do espaço exterior.

História[editar | editar código-fonte]

Em Dezembro de 1997, o Secretariado do Gabinete para as Actividades Exteriores da ONU convidou a International Space University (Universidade Internacional do Espaço – ISU) para organizar um adulto de jovens adultos como parte da Conferência UNISPACE III, em Julho de 1999 em Viena. 

O Space Generation Forum (Fórum Geração Espaço), organizado por antigos alunos da ISU. Recebeu 160 participantes de 60 países diferentes. Peritos exploraram uma grande variedade de tópicos relacionados com a área do espaço, que incluíram: ciência, tecnologia, direito, ética, arte, literatura, antropologia e arquitectura. Mais de 100 visões e ideias foram geradas durante a conferência, escritas sob forma de recomendações. As dez mais importantes foram redigidas como a "Declaração da Geração Espaço" que foi aprovada pelo plenário UNISPACE III como Relatório Técnico SGF (referência UN-Document A/Conf.184/L.14).

 Dessas dez recomendações, cinco foram integradas na Declaração de Viena. Uma das recomendações era "Criar um conselho para ajudar o Comité de Uso Pacífico do Espaço das Nações Unidas, através da organização de actividades de sensibilização e troca de ideias novas de jovens adultos. A visão é de usar a criatividade e o vigor de gerações mais novas no avanço da Humanidade através do uso pacífico do Espaço". Através desta directiva foi estabelecido o SGAC.

Desde a sua criação, o SGAC cresceu rapidamente, ganhando em 2001 o estatuto de Observador Permanente no COUOS e ganhando estatuto consultivo no Conselho Económico e Social das Nações Unidas em 2003. A organização abriu oficialmente a sua sede no Instituto Europeu de Política Espacial (ESPI) em 2005, em Viena, e contratou o seu primeiro colaborador pago em 2006. Hoje, a organização é uma rede profissional com mais de 4000 membros de 90 países. 

Organização[editar | editar código-fonte]

O SGAC é gerido pelo Conselho Executivo, que consiste em dois co-presidentes eleitos assim como 12 coordenadores regionais (também eleitos), dois por região da ONU. O Conselho Executivo é apoiado um Gabinete Executivo, que é constituído por um tesoureiro, um assistente administrativo, duas co-secretárias e outros membros. O resto da organização é constituída por Pontos Nacionais de Contacto, até dois por cada nação participante, e 4000 voluntários que apoiam a Rede Geração Espaço (Space Generation Network). 

A Assembleia Geral tem lugar anualmente e serve para reunir os Pontos Nacionais de Contacto com o Conselho Executivo, para que possam aprovar ou rejeitar as propostas apresentadas pelo Conselho Executivo e alterações aos estatutos da Organização. 

O SGAC trabalha com outras organizações ligadas ao Espaço, de todo o Mundo. Exemplos de parceiros, patrocinadores e colaboradores, incluindo o UNOOSA, Lockheed Martin, NASA, Secure World Foundation, a Agência Espacial Alemã ( German Aerospace Center - DLR), O Instituto Europeu de Política Espacial, a ISU, ... (Uma lista completa está disponível no site do SGAC [1]).

A organização recebe conselhos do seu Conselho Consultivo, composto de 12 líderes no sector espaço, que representam o ponto de vista da organização ao promover o espaço junto de gerações mais jovens no Mundo. O Conselho Consultivo tem igualmente como funções avaliar o trabalho da organização e sugerir medidas para melhorar as suas funções e o seu compromisso. 

Existe igualmente o Quadro de Honra, que é composto por indivíduos notáveis que serviram a organização no passado e a quem o SGAC deseja "reconhecer o seu emprenho na prossecução dos objectivos do SGAC". 

Envolvimento da SGAC na ONU[editar | editar código-fonte]

SGAC trabalha constantemente para alcançar os componentes chaves da sua missão como organização: ser uma ponte no diálogo entre os Estados Membros da ONU presente no Comité para o Uso Pacífico do Espaço Exterior da ONU e a próxima geração de líderes no sector espacial. 

Comité para o Uso Pacífico do Espaço Exterior da ONU (COPUOS): o SGAC tem estatuto de Observador Permanente e está regularmente presente na sua reunião anual (em Junho) e nas reuniões dos seus dois sub-comités: Direito (em março) e Científico e Técnico (em Fevereiro). Como um dos únicos 20 Observadores Permanentes no COPUOS, o SGAC contribui para as actividades e para as equipas de acção do COPUOS. O SGAC contribui na discussão para a produção de comunicados e apresentações nos diversos trabalhos que a rede SGAC produz ao longo do ano. Isto inclui reportar as recomendações reunidas no Congresso anual Geraç4ao Espaço (Space Generation Congress) e no Fórum de Fusão geração Espaço (Space Generation Fusion Forum). 

Gabinete para o Espaço Exterior das Nações Unidas (OOSA): o SGAC trabalha em conjunto com o na promoção dos workshops organizados pelas Nações Unidas e no apoio para participação em várias conferências de membros do SGAC pelo Mundo. A parceria SGAC-OOSA é também publicitada na rede do OOSA. 

Comité Social e Económicos das Nações Unidas (ECOSOC): o SGAC tem orgulho em ser um dos membros do ECOSOC desde 2003. Na sua posição, o SGAC participa na Assembleia Geral da ONU todos os anos, e representa os jovens universitários e profissionais neste importante fórum mundial, os representantes do SGAC no ECOSOC relatam as importantes recomendações proferidas por todos os Estados Membros da ONU. 

Visão e Objectivos[editar | editar código-fonte]

A visão orientadora do SGAC é "usar a criatividade e vigor das jovens gerações no avanço da Humanidade através do uso pacífico do Espaço". Além disso, a organização afirma que "[nós] acreditamos que a voz dos estudantes e jovens profissionais deve ser ouvida na criação da política internacional do espaço. Como aqueles que se tornarão nos decisores chave, fornecedores e utilizadores do espaço, nós acreditamos que é imperativo que as suas opiniões sejam tidas em conta". 

 O objectivo principal do SGAC é "dar acesso aos nossos membros para introduzir os seus pensamentos, visões e opiniões no rumo da politica espacial internacional. Outros objectivos incluem: 

  • Encetar projectos em elementos chave para os membros do SGAC e da política espacial internacional
  • Apresentar o ponto de vista de estudantes e de jovens profissionais de todo o mundo
  • Fornecer um fórum dinâmico em que estudantes universitários e jovens profissional possam alargar o seu conhecimento em áreas relacionadas com politica espacial internacional, construindo redes e promover o pensamento criativo sobre o futuro da Humanidade no uso do espaço

Conferências[editar | editar código-fonte]

Space Generation Congress (SGC): O SGAC organiza anualmente o Congresso Geraçao Espaço (Space Generation Congress). Normalmente assistem a este evento aproximadamente 130 estudantes universitários de topo e jovens profissionais com paixão pelo espaço que são selecionados entre candidatos que pertencem à rede internacional do SGAC. Com o SGC, o SGAC pretende aperfeiçoar e promover a voz dos jovens adultos no tópico de desenvolvimento internacional do Espaço, através dos futuros líderes do sector espacial. O Congresso explora inúmeros temas, tais como: Agências, Indústria, Sociedade, Exploração, e Divulgação. Os resultados e recomendações do Congresso são depois apresentados na Organização das Nações Unidas, durante a reunião COPUOS do ano seguinte. 

 O Congresso tem lugar em diferentes locais todos os anos. A razão para isto é que o congresso ocorre em conjunto com o Congresso Internacional de Astronáutica (IAC), que tem uma rotatividade de base anual. Localizações passadas e futuras incluem: 

Space Generation Fusion Forum (SGFF): Fórum Fusão Geraçao Espaço inaugural teve lugar em conjunto com o Simpósio Nacional de Espaço, a 15 e 16 de Abril de 2012, no Colorado (EUA), no resort The Broadmoor. Este é o primeiro grande evento do SGAC nos Estados Unidos desde 2002 e oferece à próxima geração de líderes do sector espacial de governo, industria e academia a oportunidade de se reunirem e trocarem pontos de vista sobre os temas quentes através de painés interactivos. O programa também permite que esses delegados de topo possam manter-se em contacto entre si assim como com os actuais liderais espaciais, que moderam e discursam nos painéis. O Fórum de Fusão oferece o ambiente ideal para discutir sobre colaboração internacional uma vez que os participantes provêm de todo o mundo. 

Oradores e moderadores dos SGFF que já ocorreram, inluem (sem ordem específica):

  • Elliott Pulham, Director Executivo da Space Foundation
  • Lori Garver, ex- Administrador da NASA
  • Clayton Mowry, ex Presidente da Arianespace, Inc.
  • Michael Simpson, Director Executivo da Secure World Foundation
  • Chummer Farina, Vice-President da Agência Espacial Canadiana
  • Yasushi Horikawa, Conselheiro Técnico da JAXA
  • Charles Bolden, Administrador da NASA
  • Carissa Christensen, Sócio Gerente do The Tauri Group
  • Kiyoshi Higuchi, Presidente da International Astronautical Federation (IAF)
  • Mazlan Othman, ex-Director do United Nations Office for Outer Space Affairs (UNOOSA)
  • Sandy Magnus, Director Executivo da AIAA e ex-astronauta da NASA 
  • John Karas, Vice Presidente e Director Geral de Voos espaciais Tripulados da Lockheed Martin

Conselho Consultivo[editar | editar código-fonte]

O Conselho Consultivo do SGAC é concebido para prestar conselho e orientações estratégicas ao SGAC de forma a ajudar a organização a atingir totalmente os seus objectivos e metas. O Conselho faz aindacomnetários substanciais ao trabalho da organização e sugere formas com as quais o SGAC pode melhorar as suas funções e o compromisso. O Consleho é composto por 12 membros, com mandato de dois anos. Os membros do Conselho Consultivo são membros influentes na comunidade espacial internacional que apoiam fortemente os objectivos do SGAC e a própria organização. 

Os membros actuais, por ordem alfabética, são:

Projectos e Bolsas[editar | editar código-fonte]

Além do Congresso Geração Espaço e do Fórum Fusão Geraçao Espaço, o SGAC organiza uma série de competições e projectos. As competições técnicas no SGAC, como a Campanha Move um Asteróide, Competição Artigos sobre Empreendorismo entre outros, permite aos jovens profissionais e estudantes universitários submeterem as suas ideias e o seu trabalho, oferecendo-lhes uma hipótese de serem premiados com a sua participação em conferências relacionadas com espaço para apresentarem o seu trabalho. 

O SGAC actua como um fórum de discussão e debate em tópicos actuais de política espacial internacional. Isto é conseguido através de vários grupos de projectos. O resultado desses grupos é publicado no relatório anual e em artigos. 

Em 2014,  a organização tinha os seguintes projectos activos:

Projecto de Grupo Espaço Comercial (Commercial Space Project Group): impulsionado pelos desenvolvimentos no mundo espacial commercial e a sua previsível importância no futuro, o objectivo deste grupo é equipar a jovem geração com ferramentas e rede de contactos para ser activa no sector do espaço comercial e empreendedorismo.

Projecto de Grupo Direito Espacial (Space Law Project Group): Dedicado à investigação e abordando assuntos actuais em direito espacial nacional e internacional, e antecipando possíveis tópicos de direito espaciais para os tempos vindouros, o Projecto de Grupo irá seguir prjectos relevantes na área de direito espacial, e para a comunidade espacial internacional. 

Projecto de Grupo Juventude na promoçao de Cooperação e Educação em Sistemas De Navegaçao por Satélite (Youth Promoting Cooperation and Education in Global Navigation Satellite Systems Project Group - YGNSS): O YGNSS é um grupo de estudantes universitários e jovens profissionais que procuram promover os benefícios dos Sistemas Globais de Navegação por Satélite (GNSS) e promover actividades relacionadas com cooperação internacional nesta área. O YGNSS apoia o Comité Internacional de GNSS (ICG), um fórum internacional para cooperação em GNSS reconhecido pela Organização das Nações Unidas. 

Projecto de Grupo Objectos Próximos da Terra (The Near Earth Object Project Group  - NEO): O NEO dedica-se a ajudar a comunidade mundial de defesa planetária, observando e rasteando asteroides e cometas planetários com fortes possibilidades de colidirem com a Terra. O grupo fornece uma perspectiva de jovens adultos para a defesa planetária através de relatórios anuais, competições, participação em conferências, divulgação pública de projectos relacionados com objectos próximos da Terra. 

Projecto de Grupo Technologias Espaciais para a Gestão de Crises (Space Technologies for Disaster Management Project Group - STDM): O STDM, criado em Junho de 2009, tem como objectivo dar acesso universal a todos os tipos de informação baseada em sistemas espaciais e serviços relevantes para a gestão de crises. O grupo esforça-se por informar o público em geral de como as tecnologias espaciais são válidas para a gestão de crises assim como dar um canal para novas perspectivas para maiores elementos de investigação, e um fórum para aqueles interessados em gestão de crises e actividades espaciais. 

Projecto de Grupo Segurança e Sustentabilidade Espaciais (Space Safety and Sustainability Project Group - SSS): o SSS identifica e examina assuntos chave na segurança e na sustentabilidade a longo prazo das actuais e futuras operações espaciais. Adiccionalmente, o SSS procura proporcionar um fórum internacional de espaço para mostrar a  perspectiva dos jovens adultos sobre a segurança das actividades espaciais, e a sustentabilidade do ambiente espacial para as gerações futuras.

Projecto de Grupo Pequenos Satélites (Small Satellites Project Group - SSPG): o SSPG presta assistência na carreira e projetos para jovens profissionais e estudantes que se dedicam à comunidade pequenos satélites e informações actuais em temas relacionados com satélites pequenos, bem como recomendações para futuras pesquisas e desenvolvimento e / ou questões políticas e jurídicas. O projecto visa atrair jovens profissionais e estudantes para o tema de pequenos satélites e, em geral, incentivar o interesse na exploração do espaço.

Bolsas[editar | editar código-fonte]

Na busca do SGAC para aumentar a entrada de jovens e o seu envolvimento em questões espaciais internacionais, a organização trabalha para fornecer recursos financeiros para os seus membros. Por isso, o SGAC premeia inúmeras bolsas de estudo durante todo o ano para estudantes universitários e jovens profissionais interessados na área de espaço. Uma vez que o SGAC é composto por uma rede tão diversificada globalmente, estas bolsas permitem que um maior número de membros participe no processo internacional de criação de políticas espaço, desde a participação e apresentações na ONU COPUOS como para participar no congresso anual do SGAC, o Congresso Internacional de Astronáutica (IAC) ou questões específicas em seminários ao redor do mundo.

Referências

Site oficial do SGAC: www.spacegeneration.org

Links Relacionados[editar | editar código-fonte]