Spaceworthiness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Missão inaugural STS-1 do Ônibus Espacial Columbia, lançado em 12/04/1981, retornando dois dias depois.
Espaçonave proposta no artigo "Berlin to New York in less than One Hour!"[1] ("De Berlim a Nova Iorque em menos de uma hora!") escrito por Hugo Gernsback e ilustrado por Frank R. Paul na edição de Novembro de 1931 da revista "Everyday Science and Mechanics" ("Ciência e Mecânica Cotidiana" - Volume 2, Número 12). Segundo o artigo, esta espaçonave alcançaria uma altitude de 700 milhas em sua viagem de uma hora de Berlim a Nova Iorque.

Spaceworthiness[2] [3] [4] (tradução literal: "espaçonavegabilidade" ou "aeroespaçonavegabilidade"[5] , "navegabilidade espacial" ou "navegabilidade aeroespacial"), é, por extensão dos conceitos de navegabilidade, referente a barcos e navios, e de aeronavegabilidade, referente a aeronaves, a propriedade, ou capacidade de uma espaçonave realizar um voo seguro, ou navegar com segurança no espaço sideral. Pode significar também, em um sentido mais amplo, a capacidade de uma região do espaço sideral ser livremente navegável por espaçonaves, sem obstáculos ou restrições intransponíveis.

À semelhança da aeronavegabilidade, essa característica de uma espaçonave depende de, ao menos, três componentes básicos[6] [7] :

A espaçonavegabilidade deve ser continuamente mantida através de um programa de manutenção periódica, preventiva ou preditiva, e/ou com o auxílio de um sistema de análise, diagnóstico e gerenciamento da "saúde" e confiabilidade da espaçonave[10] [11] .

A espaçonavegabilidade em casos reais[editar | editar código-fonte]

Visão conceitual artística da sonda Cassini-Huygens em manobra de inserção na órbita de Saturno, pouco após o disparo do motor principal.
O Telescópio Espacial Hubble (HST) inicia sua separação do Ônibus Espacial (missão STS-82, fevereiro de 1997).
Módulo de Serviço Apollo 15 visto do Módulo Lunar Apollo.
Imagem da espaçonave Soyuz TMA-6 aproximando-se da Estação Espacial Internacional (ISS).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gernsback, H. "Berlin to New York in less than One Hour!" Everyday Science and Mechanics, Volume 2, Number 12, pg641, pg648, pg649, pg712. Nov. 1931.
  2. "Spaceworthiness". Wikitionary. (visited on Aug 12, 2010)
  3. Scientific Assessment of Options for the Disposal of the Galileo Spacecraft (procurar com CTRL+F por Galileo’s general spaceworthiness ). The National Academies Press. (acessado em 12/08/2010)
  4. Tatsuya, Maruyama (Kawasaki Heavy Ind., Ltd., Gifu-pref., Jpn). "Reconsideration on space tour vehicle "KANKOH-MARU" from the standpoint of safety standard. Japanese Rocket Society's Rocket Symposia 1995-2001 - With an Overview of Japanese Rocket Society's Space Tourism Study. J Space Technol Sci. Vol. 19, no.1, page 11-16(2003). Abstract published on "Science Links Japan" site. (visited on Aug 12, 2010)
  5. Scott, H.A. "Spaceworthiness Exists". "Aviation Week" site. February 22,2010.
  6. Funatsu, Yoshi. "Some Aspects of Space Navigation Law" (in: sub-item 3, "Safety of space vehicles", of item 2, "Outline of Commercial Space Law"). Proceedings of 2nd International Symposium on Space Travel, Space Tours GmbH, in press. Space Future Site. (visited on Aug 12, 2010)
  7. 16th Space Simulation Conference (microform): confirming spaceworthiness into the next millennium / Joseph L. Stecher III, editor. By Space Simulation Conference (16th : 1990 : Albuquerque, N.M.). Subjects: - Space simulators - Congresses; - Space environment - Congresses; Space vehicles -- Testing -- Congresses. NASA conference publication; 3096. Greenbelt, Md. : National Aeronautics and Space Administration, Goddard Space Flight Center ; (Springfield, Va. : For sale by the National Technical Information Service, 1991). (visited on Aug 12, 2010)
  8. NASA Delays Shuttle Mission to Hubble Telescope (procurar com CTRL+F por "tests required to prove its spaceworthiness"). Portal Space.com. (acessado em 12/08/2010)
  9. David Florida Laboratory Activities: "The David Florida Laboratory (DFL) supplies government and industry with the specialized rooms, equipment, and support personnel necessary to assemble and check the spaceworthiness of entire spacecraft, their subsystems, and major components". Canadian Space Agency. (visited on Aug 12, 2010)
  10. "Health and Usage Monitoring Systems (HUMS) are integrated with aircraft management computers to allow maintainers early warnings of parts that will need replacement". Aircraft management systems. Avionics. Wikipedia. (visited on Aug 12,2010)
  11. Cronkhite, J.; Dickson, B.; Martin, W.; Collingwood, G. "Operational Evaluation of a Health and Usage Monitoring System (HUMS)" (Diagnostics; Vibration measurement; Helicopters; Health and usage monitoring). NASA Glenn Technical Reports Server. (visited on Aug 12, 2010)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Spaceworthy. Science Fiction Dictionary. (acessado em 12/08/2010)