Spaghetti alla puttanesca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Spaghetti a la Puttanesca

O Spaghetti alla Puttanesca (em português, "espaguete à moda da prostituta") é um prato elaborado com massa e com um molho denominado sugo alla puttanesca.

Origens[editar | editar código-fonte]

A origem deste prato é incerta, estando sujeito a debate entre os peritos em culinária, mas sem dados conclusivos. No entanto, o próprio nome pode fornecer uma pista, "à moda das prostitutas". Alguns cozinheiros pensam ser possível que uma prostituta chamada Yvette la Francese, que tinha um posto de comidas além do bordel, pode ter inventado este prato[1] . Há outras versões que afirmam que o prato era feito com maccheroni e denominado A la Marinara, tendo mudado de nome depois da Segunda Guerra Mundial.

São dadas em conta várias as origens do molho, mas é provável que datam de meados do século XX. A referência impressa mais adiantada deste prato, como identificado pelo "Grande dizionario della lingua italiana", é a novela de Raffaele La Capria: "Ferito a Morte" datada de 1961, que se refere ao "spaghetti alla puttanesca come li fanno a Siracusa" (espaguete à puttanesca como feito em Siracusa).[2]

De acordo com a união profissional de fabricantes italianos de pasta, o molho tornou-se popular nos anos 60.[3]

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

Os ingredientes para o sugo alla puttanesca são relativamente fáceis de obter, e são tipicamente mediterrânicos. Coloca-se azeite extra-virgem numa frigideira. Adiciona-se alho finamente cortado (às vezes com cebola), peperoncino (um tipo de pimento picante seco) e anchovas esmagadas. Podem também juntar-se atum e cogumelos para mais variedade. Juntam-se os tomates e quando o molho ferve juntam-se as alcaparras picadas e as azeitonas pretas. De seguida procede-se à redução do molho sob fogo forte. Para terminar pode-se agregar salsa ou manjericão picados.

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. “Napoli a tavola” (Naples at table) di Arthur Schwartz, ed. Harper Collins Pag. 164
  2. The dictionary entry is cited in Jeremy Parzen, ‘The origins of Sugo alla puttanesca?’, Do Bianchi, 13 January 2008.
  3. Sughi d’Italia: 1000 anni di pasta, 1000 anni di condimenti’, Unione Industriali Pastai Italiani.