Speed Demon (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Speed Demon"
Single de Michael Jackson
do álbum Bad
Lançamento Outubro de 1989
Formato(s) CD single
Gravação 1987
Gênero(s) Funk
Duração 4:01
Gravadora(s) Epic Records
Composição Michael Jackson
Produção Michael Jackson, Quincy Jones
Cronologia de singles de Michael Jackson
Último
Último
"Liberian Girl"
(1989)
"Black or White"
(1991)
Próximo
Próximo

"Speed Demon" é um canção de funk do artista americano Michael Jackson para o álbum Bad. Era para ser o último single a ser lançado do álbum, mas acabou sendo cancelado. Ainda assim alguns exemplares foram lançados nos Estados Unidos conseguindo pouco sucesso comercial.

História[editar | editar código-fonte]

Segundo Quincy Jones, Jackson escreveu a música depois de receber uma multa de trânsito por andar em alta velocidade, pois estava atrasado para uma sessão de gravação em estúdio. Jones o incentivou escrever algo sobre o episódio e assim nasceu Speed Demon, que fala exatamente sobre isso. A canção foi lançada como um single promocional independente, por isso não é citado como um single do álbum Bad.

Música[editar | editar código-fonte]

A canção assim como a maioria das faixas de Bad, é um funk, que lembra muito as composições de Stevie Wonder. Nela predomina um solo de metais e um acompanhamento de teclados. No final da canção Jackson faz vários tipos de ruídos bucal, inclusive seus gritinhos "Aoow", sua marca registrada. "Speed Demon" nunca foi performada ao vivo.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe de "Speed Demon2 aparece no filme Moonwalker, estrelado por Jackson em 1988. O video foi dirigido por Will Vinton. No vídeo Jackson transforma-se no coelho Spike, para tentar escapar do assédio de seus fãs. Ele ainda transforma-se em várias celebridades como Sylvester Stallone, Tina Turner e Pee-wee Herman. No final Jackson e o coelho dançam, um desafiando o outro. Logo depois um policial (interpretado por Clancy Brown) diz que ele está em uma zona em que é "proibido dançar a là Jackson". Sarcasticamente o policial pede um autógrafo a Jackson na multa. Os críticos observaram que o clipe é uma sátira a vida de Jackson, suas tranformações no video dizem respeito as plásticas, e o coelho Spike é seu próprio ego.


Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.