Spore Hero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Spore Hero
Produtora Maxis
Editora(s) Electronic Arts
Plataforma(s) Nintendo Wii
Série Spore
Data(s) de lançamento Estados Unidos 6 de outubro de 2009[1]
Mundo: 8 de outubro de 2009
Gênero(s) Simulação
Modos de jogo Single-player, Multi-player
Classificação Inadequado para menores de 10 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 7 anos i PEGI (Europa)

[2]

Controles Wii Remote[2]

Spore Hero é um jogo da franquia Spore exclusivo para o Nintendo Wii[3] , desenvolvido pela Maxis e divulgado pela Electronic Arts, lançado no dia 6 de outubro de 2009 na América do norte, e no dia 8 de outubro de 2009 para o resto do mundo[3] . Anunciado oficialmente em fevereiro do mesmo ano, Spore Hero é uma espécie de Estágio Criatura mais complexo e adaptado para o console da Nintendo. O jogo tira aproveito dos Wii Remote e de outras tecnologias do Nintendo Wii, e tem como principal alvo, o público infantil, apresentando gráficos coloridos e cenários abertos.

Spore Hero também inclui um Editor de Criaturas, que inclui a maioria das partes do Editor de Criaturas da versão do Spore para computadores, como as partes, texturas e cores, mas também inclui algumas coisas novas. Nele não é possível ajustar o corpo da criatura com o editor, e é preciso selecionar um corpo já definido para editar sua criatura.[4]

Junto com o Spore Hero, também foi lançado o Spore Hero Arena, para o Nintendo DS.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A espécie do jogador será jogada contra o planeta através de um grande meteoro. A trama envolve a queda de dois meteoritos (assim como outros jogos da série Spore), um azul e outro vermelho, em um planeta desconhecido. Cada um dos asteróides conta com um ovo, que, posteriormente, se torna um Sporeling — as criaturas do jogo. O jogador assume o papel do monstrengo originado pelo meteoro azul, e deve acabar com as partículas deixadas pelo meteoro vermelho, que causam muitos problemas aos cidadãos do planeta.

Inicialmente, o jogador terá que controlar uma criatura simples e pequena, que será um filhote, e tentar sobreviver e não ser devorado por outras criaturas, além de cumprir pequenos mini-games. Os princípios básicos iniciais serão se socializar com outras criaturas do mesmo nível. Deste modo, novas partes serão desbloqueadas para melhorar diversos atributos de sua pequena criatura. À medida que a criatura do jogador for evoluindo, novas partes serão desbloqueadas, e novos mini-games, cada vez mais difíceis, terão que ser completados para evoluir.[1]

O cenário tem certas partes que estarão bloqueadas até o jogador conseguir desbloqueá-las, cumprindo certos objetivos. O cenário é relativamente grande e complexo. A maior parte dele é de áreas verdes e abertas, montanhas e cavernas, mas também há cenários fechados, como um castelo, e outros interiores. Cada nível tem um cenário diferente, podendo ser desde um cenário ensolarado e colorido, a até cenários escuros, à noite, em lugares frios, etc.

Um dos atrativos do jogo, é os Evolutionary Quests. Eles são objetivos que o jogador pode cumprir, em alguns momentos opcionalmente, para ajudar outras espécies a não ser extintas, como matar uma determinada espécie que está causando um desequilíbrio na cadeia alimentar, etc. Esses objetivos são obrigatórios em alguns momentos, e eles irão vir de espécies aliadas a espécie do jogador.

Sistema de combates[editar | editar código-fonte]

Como o jogo é voltado ao público casual, ele é muito similar ao sistema de combates do Estágio Criatura. O uso do Wii Remote é essencial nos combates, e os movimentos da criatura na hora de investir, socar, morder, e realizar outras tarefas, é definida de acordo com os movimentos que o jogador faz com o Wii Remote.[5]

Nos combates, as partes que a criatura na qual o jogador usa também são essenciais para vencer. É possível usar a maioria das habilidades clássicas do Estágio Criatura do Spore para computadores, como investir, morder, cuspir veneno, além de outras partes especificas, como bolas de tentáculos, etc. Ao ganhar combates, é possível avançar de nível, e ganhar novas partes.

Wii Remote[editar | editar código-fonte]

O uso do Wii Remote é essencial na maioria das coisas realizadas durante todo o jogo. Logo no começo do jogo, por exemplo, é necessário "sacudir" o Wii Remote, fazendo com que o ovo da criatura do jogador também seja sacudido, e consequentemente, rachando e quebrando, permitindo que a criatura saia do ovo. Nos combates, realizando um movimento especifico, como um movimento de "espadada" ou "cortada", é possivel realizar combos de ataques de diferentes modos.

Nos mini-games, o uso do Wii Remote é mais essencial ainda. Para correr em corridas com outras criaturas, é necessário fazer movimentos de corrida com o Wii Remote. Para movimentar objetos, é preciso mirar com o Wii Remote e seguir as instruções da tela. A variedade de mini-games é muito grande, já que é o principal atrativo do jogo.

Editor de Criaturas[editar | editar código-fonte]

O Editor de Criaturas do Spore Hero é muito parecido com o Editor de Criaturas da versão do Spore para computadores, e inclui a maioria das partes dele, e também as texturas e cores. O conceito é o mesmo da versão do Spore para computadores, e basta o jogador arrastar e soltar partes no corpo da criatura. Em contrapartida, não é possível ajustar o corpo da criatura pela sua coluna vertebral, e o jogador tem que escolher um corpo já pronto, similar ao editor do Spore Creatures. Também existe um modo teste assim como no jogo principal, onde o jogador pode testar os movimentos de sua criatura.

Para desbloquear partes do jogo, você precisa se socializar com outras espécies, explorar fósseis[1] ou realizar mini-games (quests), além de claro, ganhar partes quando se evolui. O jogo também inclui um sistema de combates, que dependerão das partes que o jogador possui em sua criatura. Ganhando alguns combates também poderão render novas partes.

Também existe um medidor de complexidade que serve para impor um limite na criação do jogador. As partes do jogo também são do Spore Medonhas & Fofinhas.


Referências

  1. a b c Página no BaixakiJogos, adicionado em 21/10/2012.
  2. a b Artigo Spore Hero na Wikipédia russa, adicionado em 21/10/2012.
  3. a b Sinopse do GameTrailers.com, adicionado em 21/10/2012.
  4. Spore Hero - SporeWiki, Wiki específica para a série Spore.
  5. Spore Hero and Hero Arena Teaser Trailer, Teaser.

Links Externos[editar | editar código-fonte]

http://www.sporehero.com/ - Site oficial do jogo.