Sporting TV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sporting TV
Tipo Desportivo
País  Portugal
Fundação junho de 2014
Pertence a Sporting Clube de Portugal
Sede Estádio José Alvalade
Estúdios Estádio José Alvalade
Academia Sporting
World Channels (Carnaxide)
Slogan Estamos em Casa
Formato de vídeo 576i (SDTV)
1080i (HDTV)
Cobertura Portugal
Cobertura internacional Angola
Moçambique
Disponibilidade por satélite
MEO
34 (HD)
35 (SD)
NOS
34 (SD)
35 (HD)
ZAP
39
Disponibilidade via ADSL
MEO
34 (HD)
35 (SD)
NOS
34 (SD)
35 (HD)

Sporting TV é o canal de televisão do Sporting Clube de Portugal. De sinal aberto, o canal está presente nas operadoras MEO e NOS, nos canais 34 e 35.[1] O canal transmite os jogos do Sporting B em casa.

História[editar | editar código-fonte]

O projeto de um canal de televisão teve início sob a presidência de José Eduardo Bettencourt, em 2009, com o objetivo de reforçar a relação do clube com os sócios e adeptos. Nesse contexto, foram estabelecidos contactos negociais com a Portugal Telecom.[2]

Durante a liderança de Godinho Lopes (2011-2013), o projeto conheceu alguns desenvolvimentos, tendo como pressupostos custos anuais de três a quatro milhões de euros e a transmissão em exclusivo na operadora MEO.[3]

No mandato de Bruno de Carvalho, iniciado em 2013, o projeto conheceu um impulso decisivo, sofrendo importantes remodelações: menor orçamento (1,8 milhões de euros anuais), emissão em sinal aberto e distribuição por diversas operadoras de televisão. No âmbito de um concurso foi atribuída à empresa World Channels a tarefa da sua concretização.[4]

O início das emissões da Sporting TV deveria ter ocorrido no dia 1 de julho de 2014, durante as comemorações do 108.º aniversário do clube. No entanto, não foi possível o arranque na data prevista, por se encontrar dependente da prévia autorização da ERC-Entidade Reguladora para a Comunicação Social, a quem compete atribuir o licenciamento do canal.[5] Nesse dia, a transmissão foi feita apenas através da página eletrónica do Sporting, por falta de deliberação por parte da Entidade Reguladora da Comunicação Social para transmissões regulares na televisão.[6]

A 14 de julho de 2014, o Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social notificou o Sporting Clube de Portugal da autorização para o início das emissões da Sporting TV. Na sequência desta autorização as emissões começaram no dia 17 de julho de 2014, às 19:06 (evocando o ano da fundação do clube), nos canais 34 e 35 das operadoras MEO e NOS.[7] O canal leonino será ainda distribuído para Angola e Moçambique pela operadora ZAP.[8]

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

O canal opera em Carnaxide, onde ocupa 1500 metros quadrados. Nessas instalações dispõe de dois estúdios para programas de informação e entretenimento (um com 250 metros quadrados com cenário virtual - e que pode ser subdivido em três pequenos espaços para a gravação de programas ou entrevistas - e outro físico, onde têm lugar os principais programas em direto); uma sala de redação; três salas de vídeo; quatro salas de pós-produção áudio; duas régies (uma de continuidade e outra de estúdio) e várias salas de apoio.[9] Também está presente no Estádio José Alvalade, na Academia de Alcochete, bem como no Pavilhão Paz e Amizade de Loures e no Pavilhão Municipal José Gouveia, em São João da Talha, que provisoriamente recebem algumas modalidades até à construção do futuro Pavilhão João Rocha.[10] Tem igualmente um posto de diretos no Polo do Estádio Universitário de Lisboa.[11]

As emissões são de 24 horas por dia, das quais seis horas de conteúdos novos diários (oito horas de conteúdos novos ao fim-de-semana e em dias de jogo), com transmissão de jogos de várias modalidades, dos escalões de formação, da equipa B de futebol, bem como entrevistas dos principais protagonistas e rubricas sobre diversos temas do Passado e do Presente do clube.

Constituída por cerca de 50 profissionais, a equipa da Sporting TV é dirigida por Pedro Costa, profissional com experiência na área da Televisão (colaborou na fundação dos canais SIC Mulher e SIC Radical). A redação é coordenada pelo jornalista Nuno Graça Dias.[12]

Blocos Informativos[editar | editar código-fonte]

  • Ligação Alcochete
  • Sporting Directo
  • Sporting Notícias

Lista de Programas[editar | editar código-fonte]

  • A Semana
  • Ao Minuto
  • Arquivo Sporting
  • Fórum Leonino
  • Futebol de Perdição
  • Garras de Fora
  • Nomes que Brilham
  • Núcleo Duro
  • O Meu Sporting
  • Seleção Sporting
  • Sócios ao Vivo
  • Topo da Tabela
  • Um Ano de Leão
  • Visto Daqui
  • 15 Minutos com o Mister

Programas originais produzidos pela Sporting TV

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jornal Record de 8 de junho de 2014
  2. Correio da Manhã de 5 de setembro de 2009
  3. Notícias do Futebol de 27 de setembro de 2013
  4. Diário de Notícias de 7 de maio de 2014
  5. Mais Futebol de 29 de junho de 2014
  6. Correio da Manhã de 1 de julho de 2014
  7. Mais Futebol de 17 de julho de 2014
  8. Expresso de14 de julho de 2014
  9. Mais Futebol de17 de julho de 2014
  10. Correio da Manhã de 28 de maio de 2014
  11. Correio da Manhã de 20 de outubro de 2013
  12. Blog Tomar na Rede de 1 de junho de 2014