Squeak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Squeak
Paradigma Orientação a objetos
Surgido em 1996
Última versão 4.1 (18 de abril de 2010)
Criado por Alan Kay, Dan Ingalls, Adele Goldberg
Estilo de tipagem: Dinâmica
Dialetos: Croquet
Influenciada por Smalltalk, Lisp, Logo, Sketchpad, Simula, Self
Influenciou Etoys, Tweak, Scratch
Licença: Dupla: Licença Apache / Licença MIT
Página oficial www.squeak.org

Squeak é uma linguagem de programação, derivada de Smalltalk por um grupo da Apple Computer, que incluía alguns dos desenvolvedores originais de Smalltalk. Seu desenvolvimento foi continuado pelo mesmo grupo, na Walt Disney Imagineering, onde a linguagem era feita com o propósito de ser usada em projetos internos da Disney.

Squeak é orientada a objetos e reflexiva. Está disponível para muitas plataformas, e programas produzidos em uma plataforma executam identicamente em todas as outras plataformas. O Squeak inclui código para gerar novas versões da máquina virtual em que ela se executa. Também inclui um emulador de máquina virtual escrito em Squeak. Por essa razão, a linguagem é facilmente portável.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.