Stagonolepis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaStagonolepis
Ocorrência: Triássico Superior
Stagonolepis.

Stagonolepis.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: reptilia
Ordem: Aetosauria
Família: Stagonolepididae
Subfamília: Aetosaurinae
Género: Stagonolepis
Agassiz, 1844
Espécies
  • S. robertsoni Agassiz, 1844 (Espécie Tipo)
  • S. wellesi Murray & Long, 1989
  • S. olenkae Sulej, 2010
  •  ?S. scaglia Casamiquela, 1960
  •  ?S. subsulcatus Zacarias, 1982
Sinónimos

Stagonolepis é um género extinto de aetossauro. Tinha cerca de 3 metros de comprimento.

Reconstituição no Museu da Evolução de Varsóvia

O aetossauro Stagonolepis era um animal quadrúpede coberto de "espessas escamas blindadas" que existiam em próprio corpo. Um animal lento usaria essa armadura pesada para repelir ataques de carnívoros tecodontes contemporâneos. O Stagonolepis tinha uma cabeça muito pequena para seu tamanho, era de apenas 25 centímetros, representando menos de 10% do comprimento total do corpo. Ele não tinha dentes na parte frontal de suas mandíbulas, mas tinha um bico pontudo e arqueado para cima. Isso teria lhe permitido arrancar as plantas de uma forma semelhante a de um porco moderno. Os dentes forma de cova na parte de trás de sua boca e era apropriado para mastigar vegetação dura, incluindo cavalinhas, samambaias e as cicadáceas.[1]

Restos fósseis do animal foram encontrados na Escócia, América do Sul e Polônia.[2] O género Aetosauroides da América do Sul tem sido considerado um sinónimo do Stagonolepis por alguns paleontólogos. Duas espécies de Aetosauroides foram nomeados, A. scagliai e A. subsulcatus.[3]

Museu de Krasiejów na Polônia, perto de onde restos de Stagonolepis e outros tetrápodes do Triássico foram encontrados.

Notas e referências

  1. In: Palmer, D.. The Marshall Illustrated Encyclopedia of Dinosaurs and Prehistoric Animals. London: Marshall Editions, 1999. p. 96. ISBN 1-84028-152-9
  2. Sulej, T.. (2010). "The skull of an early Late Triassic aetosaur and the evolution of the stagonolepidid archosaurian reptiles". Zoological Journal of the Linnean Society 158 (4): 860–881 pp.. DOI:10.1111/j.1096-3642.2009.00566.x.
  3. Heckert, A.B.; and Lucas, S.G.. (2002). "South American occurrences of the Adamanian (Late Triassic: latest Carnian) index taxon Stagonolepis (Archosauria: Aetosauria) and their biochronological significance". Journal of Paleontology 76 (5): 852–863 pp.. DOI:<0852:SAOOTA>2.0.CO;2 10.1666/0022-3360(2002)076<0852:SAOOTA>2.0.CO;2.