Stanislav Gross

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stanislav Gross
Primeiro ministro da  República Checa
Período de governo 4 de agosto de 2004 - 25 de abril de 2005
Antecessor(a) Vladimír Špidla
Sucessor(a) Jiří Paroubek
Vida
Nascimento 30 de Outubro de 1969 (45 anos)
Praga, Tchecoslováquia
Dados pessoais
Primeira-dama Šárka Grossová
Partido Česká strana sociálně demokratická
Profissão advogado e político
Assinatura Assinatura de Stanislav Gross

Stanislav Gross (nascido a 30 de Outubro de 1969 em Praga) é um político checo e ex-primeiro-ministro da República Checa, entre 26 de Julho de 2004 e 25 de abril de 2005. Tornou-se nessa data o mais jovem primeiro-ministro europeu de todos os tempos. Mas foi obrigado a deixar o cargo depois de três meses de crise política causada pelas suas constantes mudanças de explicação para a origem do dinheiro usado para a compra de seu apartamento. Escândalos paralelos, como a sociedade de sua esposa com a dona de uma casa de prostituição e suspeitas em torno da privatização da estatal Unipetrol, vendida para o grupo polonês PKN Orlen.

Ele é membro do partido social democrata checo. Estudou direito na Faculdade UK de direito em Praga entre 1993 e 1999. Foi também o líder da juventude social democrata entre 1990 e 1992.

Gross tornou-se ministro do interior da República Checa em 5 de Abril de 2000, e vice-primeiro-ministro em 15 de Julho de 2002, data da tomada de posse do governo de Vladimír Špidla. Ele tornou-se primeiro-ministro após a resignação de Špidla.

Deixou o posto de ministro do interior a 4 de Agosto de 2004, altura em que nomeou os seus ministros e Frantisek Bublan tornou-se o novo ministro do interior.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Vladimír Špidla
Primeiro ministro da República Checa
2004 - 2005
Sucedido por
Jiří Paroubek