Stanwick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Stanwick (também conhecida como Stanwick Camp) é uma fortificação da Idade do Ferro situada na atual Richmondshire, a nordeste de Northampton, na Inglaterra 54° 29′ N 1° 43′ O. O nome provém de steinvegges, que significa "paredes de pedra".

Foi um importante centro de resistência local à ocupação romana. Os principais vestígios arqueológicos datam do século I d.C. Entre eles destaca-se um grande conjunto de objectos metálicos celtas, em especial arreios, para tracção de carros.

História[editar | editar código-fonte]

Stanwick constituía a principal fortificação da tribo celta dos brigantes. Foi construída em três fases: a primeira em redor de 40 rodeando a elevação conhecida como The Tofts, a segunda estendendo-se para norte por volta de 50 d.C. e a terceira para sul em 72 d.C., até atingir uma extensão de cerca de 600 acres, chegando a rodear por completo a atual povoação de Stanwick St John, com cerca de 6,5 km de perímetro.

Quando a última rainha dos brigantes e aliada de Roma, Cartimándua se divorciou de Venutius, este alçou-se em armas contra a rainha e os seus aliados romanos durante o governo de Aulo Dídio Galo (5257).

Para muitos historiadores o líder rebelde tornou-se forte em Stanwick[1] até a sua derrota definitiva em 71. Porém, para outros, a existência de artigos de luxo importados de diferentes locais do Império (cerâmica do sul da França e do Reno, copos de vidro da Germânia e da Itália, ânforas de vinho importado, etc.)[2] indicariam mais bem que a fortificação em tudo momento, ou pelo menos depois da derrota de Venutius pela Legio IX Hispana em 56 na região de Barwick in Elmet,[3] seria o local da corte de Cartimándua.

Após a ocupação romana, a população foi transladando-se para novos assentamentos romanos, como Piercebridge, embora permanecesse um pequeno núcleo no lugar. Posteriormente, há evidências de sítios de culto dos invasores anglo-saxões.

Restos do muro de Stanwick.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Branigan, Keith, Rome and the Brigantes : the impact of Rome on northern England , Universidade de Sheffield, 1980, ISBN 0-906090-04-0
  • Hartley, Brian, The Brigantes, Sutton, 1988, ISBN 0-86299-547-7

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Stanwick».

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]