Stepan Nercessian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Stepan Nercessian
Stepan Nercessian
Deputado federal pelo Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Mandato 1 de fevereiro de 2011
até a atualidade
Vereador do Rio de Janeiro Município do Rio de Janeiro
Mandato 1º de janeiro de 2005
até 31 de dezembro de 2010
Vida
Nascimento 2 de dezembro de 1953 (60 anos)
Cristalina, Goiás
Dados pessoais
Partido PPS (2004-presente)
Profissão Ator

Stepan Nercessian (Cristalina, 2 de dezembro de 1953) é um ator e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de pai armênio e mãe cearense, iniciou a carreira artística no final da década de 1960. Escolhido através de teste, estreou como ator no filme Marcelo Zona Sul. Não se dedica apenas ao cinema, estendendo sua carreira ao teatro e à televisão. Trabalha na TV Globo desde 1971.

Stepan Nercessian é ex-presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão do Rio de Janeiro (SATED) e da Fundação Astrojildo Pereira. Desde os onze anos de idade passou a se interessar por política, como membro do PCB.[1] Migrou para o PPS, oriundo do PCB, desde sua fundação. Em 2004 elegeu-se vereador na cidade do Rio de Janeiro, sendo reeleito em 2008. Nas eleições de 2010, conquistou um mandato de deputado federal representando o estado do Rio de Janeiro. Foi eleito com 84.006 votos. Ligado ao mundo do samba, e "Presidente de Honra" da Escola de Samba Difícil é o Nome.

Foi casado com a atriz Camila Amado por 14 anos. É torcedor do Botafogo e do Vila Nova Futebol Clube, de Goiânia.

Suspeita de envolvimento com a contravenção[editar | editar código-fonte]

Nercessian foi um dos flagrados pela Operação Monte Carlo, da Polícia Federal (PF), em conversas telefônicas com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, tendo confirmado ser amigo do contraventor[2]

Stepan Nercessian recebeu R$ 175 mil em 2011 de Carlinhos Cachoeira, sendo que o próprio Stepan admitiu à Folha de São Paulo que recebeu o dinheiro, e que o valor de R$ 160 mil seria usado na compra de um apartamento no Rio.[3] [4] [5] Stepan disse que o restante, R$ 15 mil, usaria para adquirir entradas para camarotes na Sapucaí para o Carnaval deste ano.[4] [5]

Stepan disse também não se considerar "nenhum criminoso", mas admitiu conhecer Cachoeira "há mais de 20 anos" e que "sempre teve relação social" com o contraventor.[6]

Em inquérito protocolado pelo Ministério Público Federal no STF, o ministro Ricardo Lewandowski (decisão monocrática) arquivou o processo por não encontrar indícios para levar o caso adiante.[7]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Câmara Municipal do Rio de Janeiro - Vereadores
  2. JCNet - Stepan Nercessian, envolvido com Carlinhos Cachoeira, se licencia do PPS
  3. Folha - Stepan Nercessian recebeu R$ 175 mil de Carlinhos Cachoeira
  4. a b Jornal do Brasil - Deputado pede investigação de Stepan e mais três por laços com Cachoeira
  5. a b Veja - Além de Demóstenes, escutas da PF já ligam três deputados a Carlinhos Cachoeira
  6. O Globo - PPS quer mais explicações do deputado Stepan Nercessian
  7. STF arquiva inquérito contra deputado Stepan Nercessian (2 de outubro de 2012). Página visitada em 04/10/2012.
  8. Globo Filmes (01 de fevereiro de 2013). Carnaval dedicado ao cinema. Página visitada em 15 de junho de 2013.
  9. Em abril, Sílvio Guindane propõe um 'Acerto de Contas' no Multishow. Acerto de Contas - MULTISHOW (21 de fevereiro de 2014). Página visitada em 12 de julho de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]