Stephen Crane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stephen Crane

Stephen Crane (1 de novembro de 1871 - 5 de junho de 1900) foi um romancista estado-unidense, poeta e jornalista, nascido em Newark, New Jersey.

Era o 14.º filho de um pastor metodista. Desde muito cedo (com 8 anos) começa a escrever. Após a morte da mãe, em 1890, parte para Nova Iorque, onde trabalha como freelancer. A sua primeira obra, Maggie-A girl of the streets,constitui o primeiro momento do movimento naturalista americano.

Contudo, a sua obra mais importante continua a ser The Red Badge of Courage: An Episode of the American Civil (br: A glória de um covarde: um episódio da Guerra Civil americana), que é um documento extraordinário sobre a guerra de secessão. Contemporâneo e admirador de H. G. Wells, amigo de Joseph Conrad, foi jornalista em Cuba e na Grécia. Morreu na Alemanha com apenas 28 anos, vítima de tuberculose.

Ver também[editar | editar código-fonte]