Steve Berry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Steve Berry
Nascimento 1955 (59 anos)
Condado de Camden
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Ocupação Escritor
Principais trabalhos O Quarto de Ambar
A Profecia Romanov

Steve Berry (1955) é um autor de policiais norte-americano. Ficou conhecido com livros como O Quarto de Ambar e A Profecia Romanov.

Steve Berry cresceu na Geórgia, na costa do Condado de Camden. Desde cedo adorou a leitura e ainda mais a escrita. Estudou Direito e integrou o Programa de Educação do Condado de Camden. Hoje, dedica-se ainda à política local, tanto que é um dos cinco comissários do condado estadunidense.

Começou a escrever, concisamente, em 1990. Em 2000 e no seguinte ano foi o vencedor aclamado dos Georgia State Bar, prémio dedicado a precoces autores de ficção do estado, e duas pequenas histórias suas foram publicadas no Georgia State Bar Journal. A partir daqui empenhou-se na escrita de novelas. E saiu-se bem, visto que a sua primeira novela, O Quarto de Ambar (The Amber Room na versão original) foi um estrondoso sucesso, aclamado pela crítica, que elegeu Berry como o próximo John Le Carré ou Dan Brown da ficção policial.

De facto O Quarto de Ambar juntamente com A Profecia Romanov foram os dois primeiros best-sellers e também os seus dois primeiros livros.

Este último, tido como a obra-prima do início de carreira de Berry, conta a história de um advogado negro, Miles Lord, pertencente à Comissão do Czar, uma comissão que tinha como objectivo eleger unanimemente um czar para a Rússia, no conturbado período pós-soviético, encarregado de descobrir alguma coisa que pudesse prejudicar as pretensões do herdeiro ao trono supostamente mais legítimo, Stefan Baklanov, apoiado pela máfia russa e pelos novos-ricos. Após descobrir documentos comprometedores - uma carta da última czarina russa e um documento deixado por Lenine - vê-se directamente envolvido, com uma acrobata do Circo de Moscovo, na busca dos possíveis sobreviventes ao Massacre de Iekaterinburgo, Alexei e Anastásia Romanov, seguindo literalmente uma profecia de Rasputine.

Para além de uma história hilariante, Berry não se conteve a esforços para integrar neste livro detalhados e assustadores relatos do assassínio da família imperial russa, em 1918.

Após a publicação deste livro, os dois seguintes best-sellers de Berry foram O Terceiro Segredo e The Templar Legacy. Este último manteve-se no Top 10 das livrarias norte-americanas durante 8 semanas consecutivas.

Em 2005 foi eleito como o Autor do Ano pela Georgia Writer's Association e, recentemente, a Ballantine Books renovou o contrato para mais três policiais com Berry, em 2007, em 2008 e em 2009.

Contudo, Steve Bery ainda é um escritor em ascensão.

Livros lançados no Brasil[editar | editar código-fonte]