Steven Horwitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Steven Horwitz

Steven Horwitz (nascido em 7 de Fevereiro de 1964) é um economista estadunidense da Escola Austríaca de Economia.

Infância e educação[editar | editar código-fonte]

Horwitz nasceu em Detroit, Michigan, filho de Ronald e Carol Horwitz. Ele cresceu em Oak Park e concluiu os estudos na Berkley High School em Berkley (Michigan) em 1981. Ele terminou seu bacharelado em Economia e Filosofia na Universidade de Michigan1 em 1985, onde ele participou de diversos grupos de estudos libertários e escreveu com o grupo de comédia "Sunday Funnies/Comedy Company".

Ele concluiu seu mestrado (1987) e Ph.D. (1990) em Economia pela Universidade George Mason1 . Na George Mason, ele estudou com Don Lavoie, George Selgin, Karen Vaughn, James M. Buchanan, Don Boudreaux, e Richard E. Wagner.

Histórico profissional[editar | editar código-fonte]

Em 1989, Horwitz entrou para o departamento de economia da Universidade St. Lawrence, onde continua até o presente. Em 1993, ele foi indicado para a cadeira inaugural em economia Flora Irene Eggleston. Ele foi promovido para professor associado em 1995 e para professor titular em 2002. Em 1999, ele ganhou o prêmio anual Frank Piskor Lectureship, e em 2003 recebeu o prêmio J. Calvin Keene, que reconheceu seu padrão acadêmico, ensino eficaz e padrão moral. Em 2007, Horwitz foi eleito pela faculdade um Catedrático Charles A. Dana.2

Na St. Lawrence, Horwitz serviu como diretor associado de 2001–2007, observando o programa dedicado aos primeiros anos de graduação. Ele é conhecido por ser um especialista em programas de moradia estudantil e em pesquisas de ensino e habilidades de comunicação para alunos do primeiro ano. Ele também foi diretor interino do centro de ensino e aprendizado de 2003 a 2004.

Horwitz é membro dos seminários de verão do Institute for Humane Studies e da Foundation for Economic Education. No verão de 2007, ele foi um acadêmico visitante no centro de filosofia social na Universidade Bowling Green State. Horwitz também é um acadêmico sênior afiliado do Mercatus Center da Universidade George Mason, onde conduziu pesquisas sobre o papel do Wal-Mart e da Coast Guard na resposta ao Furacão Katrina3 4 5 .

Horwitz é editor de resenhas na Review of Austrian Economics e secretário e webmaster para a Society for the Development of Austrian Economics. Ele tem sido um membro da Sociedade Mont Pèlerin desde 1996, e um membro de dois blogs: The Austrian Economists e Liberty and Power.

A maioria dos trabalhos profissionais de Horwitz estão na área de teoria monetária e macroeconomia na perspectiva da Escola Austríaca de Economia, com o livro Microfoundations and Macroeconomics: An Austrian Perspective (2000) melhor resumindo sua obra. Ele tem contribuído para a economia austríaca e história do pensamento econômico assim como o pensamento social de Friedrich Hayek6 . Recentemente, ele tem explorado a teoria econômica e social da família. Seu texto Open Letter to My Friends on the Left7 de setembro de 2008 foi uma leitura panorâmica da análise libertária da crise das hipotecas, e foi traduzido em cinco idiomas8 .

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Fora de seus interesses profissionais, Horwitz é um grande fã de hockey, especialmente do time Detroit Red Wings, e rock clássico, especificamente a banda canadense Rush. Ele combinou seu hobby e interesse profissional num artigo acadêmico sobre o Rush, em 20039 .

Livros e Monografias[editar | editar código-fonte]

Como autor[editar | editar código-fonte]

  • Monetary Evolution, Free Banking, and Economic Order, (Westview Press, 1992) ISBN 0-8133-8514-8.
  • 'Of Human Action but not Human Design’: Liberalism in the Tradition of the Scottish Enlightenment, 1999 Annual Frank P. Piskor Lecture, (St. Lawrence University, 2000) ASIN: B0006RFQ0G.
  • Microfoundations and Macroeconomics: An Austrian Perspective, (Routledge, 2000) ISBN 0-415-19762-7. Co-vencedor em 2001 do Smith Prize in Austrian Economics10 pela melhor contribuição para a economia austríaca publicada nos últimos três anos.

Artigos selecionados[editar | editar código-fonte]

Como autor e coautor[editar | editar código-fonte]

  • “Beyond Equilibrium Economics: Reflections on the Uniqueness of the Austrian Tradition,” (com Peter J. Boettke e David L. Prychitko), Market Process, 4 (2), Outono de 1986, pp. 6–9, 20-25.
  • “Competitive Currencies, Legal Restrictions, and the Origins of the Fed: Some Evidence from the Panic of 1907,” Southern Economic Journal, 56 (3), Janeiro de 1990, pp. 639–49.
  • “Monetary Exchange as an Extra-Linguistic Social Communication Process,” Review of Social Economy, 50 (2), Verão de 1992, pp. 193–214.
  • “Money, Money Prices, and the Socialist Calculation Debate,” Advances in Austrian Economics, 3, 1996, pp. 59–77.
  • “Capital Theory, Inflation, and Deflation: The Austrians and Monetary Disequilibrium Theory Compared,” Journal of the History of Economic Thought, 18 (2), Outono de 1996, pp. 287–308.
  • “Monetary Calculation and Mises’s Critique of Planning,” History of Political Economy, 30 (3), Outono de 1998, pp. 427–50.
  • “From The Sensory Order to the Liberal Order: Hayek’s Non-rationalist Liberalism,” Review of Austrian Economics, 13 (1), Março de 2000, pp. 23–40.
  • “From Smith to Menger to Hayek: Liberalism in the Spontaneous Order Tradition,” The Independent Review, 6 (1), Verão de 2001, pp 81–97.
  • “The Costs of Inflation Revisited,” Review of Austrian Economics, 16 (1), Março de 2003, pp. 77–95.
  • “The Functions of the Family in the Great Society,” Cambridge Journal of Economics, 29 (5), Setembro de 2005, pp. 669–84.
  • “Heterogeneous Human Capital, Uncertainty, and the Structure of Plans: A Market Process Approach to Marriage and Divorce” (with Peter Lewin), Review of Austrian Economics, 21 (1), Março de 2008, pp. 1–21.
  • “Making Hurricane Response More Effective: Lessons from the Private Sector and the Coast Guard During Katrina” Policy Comment #17, Mercatus Center, Washington, DC, 19 de Março de 2008.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Biografia curta na MYSLU
  2. Curriculum Vitae
  3. Horwitz, Steve. "Doing the Right Things: The Private Sector Response to Hurricane Katrina as a Case Study in the Bourgeois Virtues." Working Paper, Mercatus Center at George Mason University, 2009.[1]
  4. Real Katrina hero? Wal-Mart, study says por ConsumerAffairs.com
  5. Entrevista de Stephen Hicks com Steven Horwitz sobre o Furacão Katrina
  6. Steven Horwitz no Mercatus Center.
  7. Open Letter to My Friends on the Left
  8. O artigo foi traduzido em Português, Sérvio, Alemão, Espanhol e Polonês
  9. Rand, Rush, and the De-totalization of the Utopianism of Progressive Rock, in: Journal of Ayn Rand Studies. 5 nº 1. Outono de 2003, p. 161-172. [2]
  10. Annual Prize in Austrian Economics no The Smith Center

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.