Strategies for Engineered Negligible Senescence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Strategies for Engineered Negligible Senescence (Estratégias para a Senescência Neglígivel Engenheirada, SENS) é um termo concebido pelo biogerontologista britânico Aubrey de Grey para conjunto de terapias da medicina regenerativa planejadas e em andamento,1 de forma a coibir o envelhecimento através da coibição da senescência, aumentando a expectativa de vida ou até mesmo buscando a imortalidade.2 3 4

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Research Themes (January 20, 2012). "http://www.sens.org/sens-research/research-themes". SENS Foundation website
  2. de Grey, Aubrey; Rae, Michael (September 2007). Ending Aging: The Rejuvenation Breakthroughs that Could Reverse Human Aging in Our Lifetime. New York, NY: St. Martin's Press, 416 pp. ISBN 0312367066.
  3. Bulkes, Nyssa (March 6, 2006). "Anti-aging research breakthroughs may add up to 25 years to life". The Northern Star. Northern Illinois University (DeKalb, USA).
  4. Age-Related Diseases: Medicine's Final Adversary?". Huffington Post Healthy Living.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • de Grey, Aubrey; Rae, Michael (September 2007). Ending Aging: The Rejuvenation Breakthroughs that Could Reverse Human Aging in Our Lifetime. New York, NY: St. Martin's Press, 416 pp. ISBN 0312367066.
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.