Stud Book

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Stud Book é o organismo que se ocupa de elaborar e guardar os registros dos thoroughbred. Cada cavalo tem sua genealogia e campanha nas pistas oficiais compilada nos livros dos Stud Books.

O primeiro Stud Book de thoroughbreds foi criado na Inglaterra em 1793.

Anualmente o Stud Book Argentino registra em torno de 6600 nascimentos de thoroughbreds; o Stud Book Brasileiro, 3300 nascimentos; a Comisión de Stud Book y estadística de Chile , 1800 nascimentos; o Stud Book Uruguaio, 1700 nascimentos; o Registro Genealógico de Equinos (Stud Book) de la República Bolivariana de Venezuela, 1100 nascimentos; o Stud Book Peruano, 400 nascimentos; (dados da OSAF de 2006).

Embora em outros países haja Stud Books"" dedicados ao registro genealógico de outras raçãs equinas e, mesmo outras espécies animais, o Stud Book Brasileiro ocupa-se apenas do registro dos thoroughbred.

Fundado no dia 21 de fevereiro de l891, pelo decreto 14/4 do Governo Provisório, para encontrar a verdadeira identidade dos animais registrados de boa-fé pelos criadores.

O Stud Book Brasileiro é administrado pela Associação Brasileira de Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • José Roberto Taranto. Sangue e Raça, O Cavalo De Corrida Brasileiro .Ed. Index. 1989.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.