Sua Alteza Imperial e Real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde dezembro de 2014). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

Sua Alteza Imperial e Real (SAI&R), (em alemão: Kaiserliche und königliche Hoheit), é um tratamento duplo possuído por alguém que, através de nascimento, casamento ou outros detém dois tratamentos individuais, o de Alteza Imperial e Alteza Real.

É o maior tratamento da classe de alteza.

Uso atual[editar | editar código-fonte]

Pelo fato de não existir mais casas soberanas que reinam e imperam atualmente, este tratamento atualmente não existe mais.

Detenção de direito de jure[editar | editar código-fonte]

Casa de Habsburgo[editar | editar código-fonte]

É utilizado pelos membros da dinastia Habsburgo, que utilizam os títulos Príncipe Imperial e Arquiduque da Áustria e Príncipe Real de Boémia e da Hungria. Um exemplo disto é o contemporâneo príncipe Lorenzo da Áustria-Este e dos seus filhos que são membros da realeza belga, húngara, boémia e da família imperial austríaca, ao mesmo tempo.

Casa de Hohenzollern[editar | editar código-fonte]

Também foi usado pelo filho mais velho do imperador alemão, que era príncipe herdeiro do Império Alemão e príncipe herdeiro do Reino da Prússia, bem como por sua esposa. O atual chefe da Casa de Hohenzollern, Jorge Frederico da Prússia recebe o tratamento de Sua Alteza Imperial e Real,[1] [2] [3] [4] como um sinal de respeito. No entanto, como todos os membros das antigas famílias nobres alemães, em lei, ele é considerado apenas mais um habitante da Alemanha, e como tal não tem oficialmente título algum.

Casa de Romanov[editar | editar código-fonte]

A grã-duquesa Elena Vladimirovna da Rússia, após o seu casamento com o príncipe Nicolau da Grécia, usou o tratamento de Sua Alteza Imperial e Real.

Casa de Orleans e Bragança[editar | editar código-fonte]

Devido à criação do título de Príncipe de Orleans-Bragança (1908), os membros da família imperial brasileira que descem pela linha masculina de D. Gastão de Orléans, Conde d'Eu usam o título de Alteza Imperial e Real, com excepção do chefe da Casa Imperial, que perde a prerrogativa para o trono francês[carece de fontes?]. Contudo, há certa controvérsia sobre a validade de tal principado e estilo à família imperial brasileira, e acredita-se que tal estilo tenha, de fato, começado a ser usado por D. Pedro Henrique.

Referências

  1. de Badts de Cugnac, Chantal. Coutant de Saisseval, Guy. Le Petit Gotha. Nouvelle Imprimerie Laballery, Paris 2002, pp. 109–110 (French) ISBN 2-9507974-3-1
  2. Willis, Daniel A., The Descendants of King George I of Great Britain, Clearfield Company, 2002, p. 689
  3. Eilers, Marlene. Queen Victoria's Descendants. Rosvall Royal Books, Falkoping, Sweden, 1997. pp. 123, 172. ISBN 91-630-5964-9
  4. Genealogisches Handbuch des Adels, Fürstliche Häuser XIV. "Haus Preussen". C.A. Starke Verlag, 1997, p. 146.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.