Submarino de propulsão nuclear brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Programa Nuclear Brasileiro
Réplica de submarino nuclear.jpg
Militar mostra a réplica do submarino nuclear brasileiro em desenvolvimento.
Usinas
Angra 1 · Angra 2 · Angra 3
Localização
Angra dos Reis · Praia de Itaorna
Histórico
Almirante Álvaro Alberto · Programa nuclear brasileiro
Acordos
Acordo Brasil-Alemanha · Acordo Brasil-França
Administração
Eletrobrás Termonuclear S.A. · Eletrobrás · Indústrias Nucleares do Brasil
Correlatos
Brasil e as armas de destruição em massa · Fábrica de Combustível Nuclear de Resende · Submarino nuclear brasileiro · Centro Experimental Aramar · Usina nuclear · Lixo atômico · Reator nuclear · Lista de usinas nucleares

Submarino de propulsão nuclear brasileiro é um submarino nuclear cuja a fonte de energia é um reator nuclear, cujo calor gerado vaporiza água, possibilitando o emprego desse vapor em turbinas. Está sendo construído com a parceria da França e tem previsão para operação em 2020.[1]

O projeto do submarino nuclear brasileiro remonta a década de 1970. Em um périplo de, aproximadamente, 20 anos, a Marinha do Brasil dominou o ciclo do combustível nuclear e pôde dar início a construção do reator nuclear que esta sendo desenvolvido no Centro Experimental Aramar em Iperó, que será comportado no submarino. O trabalho de Projeto, que foi iniciado no dia 6 de julho de 2012, percorrerá um longo caminho. Serão três anos para alcançar o projeto básico do submarino de propulsão nuclear, para então ter início a fase do projeto detalhado, simultaneamente com a construção do submarino, em 2016, no estaleiro da Marinha que está sendo construído na cidade de Itaguaí no Rio de Janeiro.

A primeira embarcação será batizada de SN 10 Alvaro Alberto, em homenagem ao vice-almirante da Marinha brasileira e cientista brasileiro Álvaro Alberto da Mota e Silva.

O Brasil é um dos poucos países do mundo que detém um projeto para a construção de um submarino nuclear voltado exclusivamente para a caça de outros submarinos, que não carregará mísseis balísticos.

De acordo com telegrama vazado pelo Wikileaks, o governo dos Estados Unidos considera a tentativa do governo brasileiro de adquirir um submarino nuclear como um "elefante branco politicamente popular".[2]

Referências

  1. Base de submarino nuclear começará a ser construída em fevereiro Terra (30 de janeiro de 2010). Página visitada em 11 de junho de 2010.
  2. Folha Online. "EUA avaliam que submarino nuclear é elefante branco". ClickPB. 1° de dezembro de 2010. Acesso em 14 de janeiro de 2011.


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.