Substância (filosofia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Substância é um conceito chave da metafísica ou ontologia. Designa aquilo que há de permanente nas coisas que mudam e portanto o fundamento de todo acidente.

As interpretações do conceito variam entre aqueles que reconhecem apenas uma substância (monistas), os que reconhecem duas substâncias ( dualistas) ou várias (pluralistas).

De acordo a visão monista, presente no estoicismo e em Espinoza, existe apenas uma substância, geralmente identificada com Deus ou Ser. Já o dualismo vê o mundo como composto de duas substâncias fundamentais, enquanto no pluralismo - característico do platonismo e do aristotelismo - o ser é constituído de uma pluralidade de elementos que o fundam como substâncias, que geralmente podem ser hierarquizadas ontologicamente.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]