Substância P

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pertence à família das taquicininas (TAC1). Fórmula molecular: C63H98N18O13S. Peso molar: 1347.63 g/mol

Substância P (SP) é um neurotransmissor neuropeptídeo composto por uma cadeia de 11 resíduos de aminoácidos que atua como neuromodulador. A substância P facilita processos inflamatórios, vômito, ansiedade e nocicepção (resposta a dor). Pode ser encontrado tanto no sistema nervoso central quanto no periférico. [1]

Produção[editar | editar código-fonte]

A SP é secretada pelos nervos sensitivos específicos e células com função inflamatória como macrófagos, eosinófilos, linfócitos e células dendríticas e atua ligando-se ao receptor da neuroquinina-1 (NK​​-1R).[2]

É degradado por endopeptidasas neutras (NEP).

Funções[editar | editar código-fonte]

Possui um grande número de funções, dependendo do receptor:

Glutamato[editar | editar código-fonte]

A substância P aumenta a atividade do glutamato no sistema nervoso central, sendo assim está associado com o desenvolvimento de edema cerebral e os défices funcionais após lesão cerebral traumática.

Patologias[editar | editar código-fonte]

Amebíase[editar | editar código-fonte]

Uma infecção por Entamoeba histolytica, causando um tipo de amebíase, gera sintomas de dor, diarreia e vômito porque esse protozoário libera Substância P, além de serotonina e neurotensina no intestino de seu hospedeiro.[8] Essa é uma das possíveis causas de Síndrome do intestino irritável.[9]

Fibromialgia[editar | editar código-fonte]

Quando a inervação dos terminais nervosos da substância P é danificado/ineficiente, as células pós-sinápticas compensam a perda aumentando a sensibilidade dos receptores pós-sinápticos. Essa condição, conhecida como hipersensibilidade por denervação, resulta em uma excessiva sensibilidade a dor e assim pode ser uma das causas da fibromialgia.

Em ratos, ausência de SP está associada a uma resposta diminuída a dor.[10]

Diabetes[editar | editar código-fonte]

Previne a diabetes em ratos, mas em humanos tem o efeito contrário, diminuindo a produção de insulina, aumentando a quantidade de glicose no sangue.

Asma[editar | editar código-fonte]

Existe correlação entre hipersensibilidade a substância P e com reações alérgicas.

Referências

  1. Mantyh PW. Neurobiology of substance P and the NK1 receptor. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12562137
  2. O'Connor TM, O'Connell J, O'Brien DI, Goode T, Bredin CP, Shanahan F. The role of substance P in inflammatory disease. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15334652
  3. Zubrzycka M, Janecka A (December 2000). "Substance P: transmitter of nociception (Minireview)". Endocrine regulations 34 (4): 195–201. PMID 11137976.
  4. Reid TW, Murphy CJ, Iwahashi CK, Foster BA, Mannis MJ (August 1993). "Stimulation of epithelial cell growth by the neuropeptide substance P". Journal of Cellular Biochemistry 52 (4): 476–85. doi:10.1002/jcb.240520411. PMID 7693729
  5. Park SW, Yan YP, Satriotomo I, Vemuganti R, Dempsey RJ (September 2007). "Substance P is a promoter of adult neural progenitor cell proliferation under normal and ischemic conditions". Journal of neurosurgery 107 (3): 593–9. doi:10.3171/JNS-07/09/0593. PMID 17886560.
  6. Bonham AC (September 1995). "Neurotransmitters in the CNS control of breathing". Respiration physiology 101 (3): 219–30. doi:10.1016/0034-5687(95)00045-F. PMID 8606995.
  7. Bossaller C, Reither K, Hehlert-Friedrich C, Auch-Schwelk W, Graf K, Gräfe M, Fleck E (October 1992). "In vivo measurement of endothelium-dependent vasodilation with substance P in man". Herz 17 (5): 284–90. PMID 1282120.
  8. McGowan K, Guerina V, Wicks J, Donowitz M (1985). "Secretory hormones of Entamoeba histolytica". Ciba Found. Symp. 112: 139–54. PMID 2861068.
  9. Stark D, van Hal S, Marriott D, Ellis J, Harkness J (2007). "Irritable bowel syndrome: a review on the role of intestinal protozoa and the importance of their detection and diagnosis". Int. J. Parasitol. 37 (1): 11–20. doi:10.1016/j.ijpara.2006.09.009. PMID 17070814.
  10. Stark D, van Hal S, Marriott D, Ellis J, Harkness J (2007). "Irritable bowel syndrome: a review on the role of intestinal protozoa and the importance of their detection and diagnosis". Int. J. Parasitol. 37 (1): 11–20. doi:10.1016/j.ijpara.2006.09.009. PMID 17070814.