Subtálamo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Núcleos da base, importantes para o sistema motor extrapiramidal.

O subtálamo corresponde a uma pequena área que fica na região posterior e inferior do diencéfalo, abaixo do sulco hipotalâmico, em contato com o mesencéfalo. Sua principal estrutura é o núcleo subtalâmico de Luys.[1]

Função[editar | editar código-fonte]

O núcleo subtalâmico relaciona-se com funções motoras, pertencendo ao sistema extrapiramidal. Recebe aferências do lobo globo pálido externo e manda eferências ao globo pálido interno, com o qual está separado pela cápsula interna (substância branca).

Lesões[editar | editar código-fonte]

Lesões do subtálamo provoca o hemibalismo, síndrome caracterizada por movimentos involuntários anormais das extremidades. Em alguns casos, estes movimentos são violentos e não desaparecem nem durante o sono.

É parte da via degenerada no mal de Parkinson.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Rafols, J. A.; Fox, C. A. (1976). "The neurons in the primate subthalamic nucleus: a Golgi and electron microscopic study". Journal of Comparative Neurology 168 (1): 75–111. doi:10.1002/cne.901680105. PMID 819471. edit