Sudeste Transportes Coletivos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Sudeste Transportes Coletivos (conhecida apenas por Sudeste) é uma empresa de transportes coletivos brasileira, associada ao consórcio Unibus, de Porto Alegre. Opera com o prefixo 30.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A Sudeste nasceu no dia 1º de maio de 1982, com a fusão das empresas de ônibus da região do Partenon e Lomba do Pinheiro, por determinação da SMT, que optou pela Avenida Bento Gonçalves para a implantação do primeiro Sistema de Operação Integrada por ônibus de Porto Alegre.

Antigas empresas[editar | editar código-fonte]

As empresas que deram origem a atual Sudeste foram a Sociedade de Ônibus Vitória Ltda, Auto Viação Robilo Ltda, Auto Viação Murialdo Ltda e Auto Viação Pinheiro Ltda. Em seus primeiros anos, teve uma frota com diversos veículos utilizados pelas antigas empresas, em especial os equipados com chassis pesados.

Pioneirismo[editar | editar código-fonte]

No início de suas operações, a Sudeste foi pioneira na implantação do primeiro sistema de bilhetagem eletrônica de Porto Alegre que também foi utilizado pela Carris, assim como foi a primeira empresa a adquirir ônibus articulados na cidade. Os veículos eram equipados com chassi Volvo e carrocerias CAIO Amélia I e Marcopolo Sanremo II, e foram utilizados na antiga linha 30.1 Bento Gonçalves.


Interior[editar | editar código-fonte]

A partir de 2007 passou a operar linhas urbanas no interior do Rio Grande do Sul, mais precisamente nos municípios de Santo Antônio da Patrulha e Caraá, próximos do litoral norte, adquirindo as empresas Markosul, Trans Monteiro, Trans Fênix, Expresso Canarinho e Transcol. A frota é composta pelos modelos que operaram em Porto Alegre, caso dos Neobus Mega 2000 Mercedes-Benz OH-1420 e Marcopolo Torino MB OF-1721.

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A empresa foi a única a ter ônibus articulado equipado com motor traseiro na cidade, os veículos eram equipados com plataforma O-400UPA fabricada pela Mercedes-Benz montada sobre carroceria Torino GV, da Marcopolo.
  • Nos anos 1990, a Sudeste foi uma das duas empresas a realizar a adaptação de reboque de antigos articulados a um chassi de caminhão Mercedes-Benz e encarroçado pela Marcopolo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Transportes ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.