Sukkar banat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sukkar banat
Caramel (PT)
Caramelo (BR)
Líbano
2007 • cor • 95 min 
Direção Nadine Labaki
Roteiro Rodney El Haddad, Jihad Hojeily,
Elenco Nadine Labaki
Yasmine Elmasri
Joanna Moukarzel
Gisèle Aouad
Adel Karam
Sihame Haddad
Aziza Semaan
Fatmeh Safa
Dimitri Staneofski
Fadia Stella
Ismaïl Antar
Género drama, comédia
Idioma árabe, francês
Página no IMDb (em inglês)

Sukkar banat (no alfabeto árabe سكر بنات; br: Caramelo, título internacional Caramel) é um filme do Líbano lançado em 20 de março de 2007 no Festival de Cannes. É o primeiro filme dirigido pela atriz Nadine Labaki.

O título refere-se a um método de depilação comum no Oriente Médio que consiste em aquecer açúcar, água e suco de limão. Labaki também insinua simbolicamente a "idéia de doce, salgado e amargo" e que as relações quotidianas podem ser problemáticas, mas que ao fim o sentimento de irmandade compartilhado pelas personagens centrais prevalece.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Layal (interpretada por Nadine Labaki) trabalha num salão de beleza em Beirute junto com duas outras mulheres. Cada uma delas tem um problema: Layal tem um relacionamento com um homem casado, Nisrine (Yasmine Al Masri), que não é mais virgem, vai se casar brevemento, Rima (Joanna Moukarzel) sente atração por garotas. Jamale (Gisèle Aouad), uma cliente assídua, está preocupada com o envelhecimento. Rose (Sihame Haddad), uma costureira cuja oficina localiza-se ao lado do salão, é uma velha senhora que dedica sua vida para cuidar da irmã mais velha Lili (Aziza Semaan), e encontrou seu primeiro amor.

O filme não faz referências aos problemas políticos do Líbano, Labaki foca seu enredo nos problemas do dia-a-dia.

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.