Sulévia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Suleviae)
Ir para: navegação, pesquisa

Sulévia[1] (em latim: Sulevia) era uma deusa da religião céltica antiga, cultuada na Gália e Britânia, muito frequentemente citada no plural Sulévias (em latim: Suleviae/Sule(v)is). Dedicatórias a Sulévia são atestadas em cerca de quarenta inscrições, distribuídas muito amplamente no mundo céltico, mas com concentrações particulares em Nórica, entre os helvécios, junto ao Reno, e também em Roma. Jufer e Luginbühl distinguem as Sulévias de um outro grupo de deusas plurais célticas, as Matres, e interpretam o nome Sulévias como significando "aquelas que governam bem".[2] As Sulévias são identificadas com as Matres em uma inscrição de Colchester, tão bem quanto na maioria das inscrições de Roma; são também identificados uma vez com as Junones. Van Andringa interpreta os Sulévias como divindades "domésticas nativas honradas em todos os níveis sociais".[3]

Para a teoria de que os Sulévias eram uma versão triuna de Sulis Minerva, veja Sulis. Esta teoria é disputada por alguns pesquisadores que não encontram nenhuma ligação direta com Sulis, e sugere em vez disso que a similariedade de nomes é coincidental.[2] Uma outra teoria conecta as Sulévias com as Xulsigiae, conhecidas de um sítio em Trier;[4] mas esta sugestão também foi contestada.

Referências

  1. Cruz 1952, p. 56
  2. a b Nicole Jufer & Thierry Luginbühl (2001). Les dieux gaulois : répertoire des noms de divinités celtiques connus par l'épigraphie, les textes antiques et la toponymie. Editions Errance, Paris. pp.15,64. No original: "Celles qui gouvernent bien".
  3. William van Andringa (2002). La religion en Gaule romaine : Piété et politique (Ier-IIIe siècle apr. J.-C. Editions Errance, Paris. p.275. No original: "divinités domestiques indigènes honorés dans tous les milieux sociaux".
  4. Edith Mary Wightman (1970). Roman Trier and the Treveri. Rupert Hart-Davis, London.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Cruz, Antônio da. Prosodia de nomes próprios pessoais e geográficos. [S.l.]: Editora Vozes, 1952.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia celta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.