Super Bowl V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Super Bowl V foi a partida que decidiu a temporada de 1970 da NFL, a primeira temporada após a unificação da antiga NFL (que se tornou a NFC) com a antiga AFL (que se tornou a AFC).[1] A partida foi realizada no Miami Orange Bowl, em Miami, Florida, no dia 17 de janeiro de 1971.[1]

Na decisão, o Baltimore Colts, representante da AFC, bateu o Dallas Cowboys, representante da NFC, por 16 a 13, garantindo o primeiro Super Bowl na história da franquia. O MVP da partida foi o linebacker do time derrotado, Chuck Howley. Foi a primeira vez na história que o MVP de um Super Bowl não era jogador do time vencedor. Howley recusou o prêmio, alegando não haver sentido para ele ser nomeado o melhor da partida, se seu time havia sido derrotado. Talvez, por esse motivo, o MVP, a partir dessa edição, tenha vindo sempre do time vencedor.[2]

Pontuações[editar | editar código-fonte]

  • 1º Quarto
  • DAL - FG: Mike Clark, 14 jardas 3-0 DAL
  • 2º Quarto
  • DAL - FG: Mike Clark, 30 jardas 6-0 DAL
  • BAL - TD: John Mackey, passe de 75 jardas de Johnny Unitas (ponto extra: chute bloqueado) 6-6 empate
  • DAL - TD: Duane Thomas, passe de 7 jardas de Craig Morton (ponto extra: chute de Mike Clark) 13-6 DAL
  • 3º Quarto
  • Não houve pontuação
  • 4º Quarto
  • BAL - TD: Tom Nowatzke, corrida de 2 jardas (ponto extra: chute de Jim O'Brien) 13-13 empate
  • BAL - FG: Jim O'Brien, 32 jardas 16-13 BAL

Referências

  1. a b Jim O'Brien, "Super Bowl V," Super Bowl: The Game of Their Lives, Danny Peary, editor. Macmillan, 1997. ISBN 0-02-860841-0
  2. Defensor, foi MVP perdendo Super Bowl, mas não levou prêmio.
Ícone de esboço Este artigo sobre esporte/desporto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.