Super Ready/Fragmenté

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Super Ready/Fragmenté
Álbum de estúdio de The Young Gods
Lançamento 16 e 24 de Abril de 2007
Gravação Bruxelas
Genebra
Gênero(s) Metal industrial
Rock alternativo
Duração 51:28
Formato(s) CD / Download pago
Gravadora(s) Canadá e Estados Unidos Ipecac

União Europeia Play It Again Sam

Suíça Musikvertrieb
Produção Roli Mosimann
The Young Gods
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de The Young Gods
Último
Último
XXY
(2005)
Próximo
Próximo


Super Ready/Fragmenté é o título do álbum mais recente dos Young Gods. A temática do álbum aborda a questão da memória e a capacidade que o indivíduo tem em lidar com o excesso de informação na sociedade atual. Franz Treichler, frontman da banda, comenta: "A certa altura comparo o cérebro humano ao disco rígido de um computador, ou seja, quando o disco aglomera demasiada informação fragmenta-se, deixando de saber onde irá obtê-la e como organizá-la em sua memória".[1] O lançamento do álbum no mercado norte-americano e canadense foi feito pela Ipecac Recordings, gravadora de Mike Patton. O selo já distribuiu também Second Nature em 2003.

Produção[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de Music for Artificial Clouds em 2004, os integrantes do grupo comentaram em seu sítio oficial que estavam compondo um novo álbum e que este "teria maior ênfase nas guitarras". No entanto, maiores informações sobre o novo trabalho só seriam divulgadas no ano seguinte, época em que a banda comemorou seus 20 anos de carreira. Com o lançamento de XXY, o público pôde conferir que "Secret", única faixa inédita daquele CD, de fato remetia à trabalhos anteriores da banda, sobretudo T.V. Sky, o disco de rock mais "cru" dos Young Gods.

Roli Mosimann, que não participara de um disco do TYG desde Only Heaven, retorna como produtor da banda. As gravações e mixagens foram realizadas no estúdio Relief, em Bruxelas. Entretanto, boa parte do álbum foi trabalhada no próprio estúdio da banda, localizado em Genebra. A masterização ficou a cargo de George Marino e ocorreu no lendário estúdio nova-iorquino Sterling Sound.

Comet disse brincando em uma entrevista que o nome do álbum seria "It's about time!", cuja tradução em Português significaria algo como "Já era hora!", obviamente se referindo à demora que a banda teve em lançar um trabalho novo nos últimos anos.[2] Coincidentemente, uma das canções do disco é intitulada "About Time".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "I'm The Drug" (Comet / Treichler / Trontin) – 3:05
  2. "Freeze" (Comet / Treichler / Trontin) – 2:37
  3. "C’est Quoi C’est Ça" (Comet / Treichler / Trontin) – 4:04
  4. "El Magnifico" (Comet / Treichler / Trontin) – 3:28
  5. "Stay With Us" (Comet / Treichler / Trontin) – 4:36
  6. "About Time" (Comet / Treichler / Trontin) – 5:19
  7. "Machine Arrière" (Treichler) – 1:04
  8. "The Color Code" (Comet / Mosimann / Treichler / Trontin) – 5:31
  9. "Super Ready/Fragmenté" (Comet / Treichler / Trontin) – 9:00
  10. "Secret"(Comet / Treichler / Trontin) – 3:42
  11. "Everywhere" (Comet / Treichler / Trontin) – 5:48
  12. "Un Point C'est Tout" (Comet / Treichler / Trontin) – 5:19
  • "I'm the Drug" foi a primeira canção de Super Ready/Fragmenté divulgada ao público, através do sítio de rede social MySpace;
  • A versão de "Secret" que faz parte do álbum soa ligeiramente diferente daquela que abriu a coletânea lançada há dois anos;
  • A faixa-título, "I'm the Drug", "C’est Quoi C’est Ça", "El Magnifico", "Everywhere" e, obviamente, "Secret" já haviam sido apresentadas ao vivo (em directo em Portugal) antes mesmo do lançamento do álbum.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Público e crítica vêm recebendo o álbum positivamente, com algumas resenhas chegando ao ponto de considerá-lo "o melhor trabalho"[3] da banda.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Tomás, Ana. Young Gods: novo álbum nas lojas Cotonete. Visitado em 10 de maio de 2007.
  2. Jermann, Stefan. 'The margin gives the page a definition' Truce Diaries. Visitado em 11 de maio de 2007.
  3. Baker, Keith. Super Ready/Fragmenté Review Igloo Magazine. Visitado em 9 de maio de 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]