Supercompressor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Supercharger em uma AMC motor V8 para Prova de arrancada

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Supercompressor (também conhecido como supercharger ou blower) é um compressor de ar usado para forçar a entrada de ar nos cilindros de um motor de combustão interna. A quantidade adicional de oxigênio que chega aos cilindros permite que o motor queime mais combustível, o que aumenta a eficiência volumétrica do motor e faz com que ele tenha mais potência. Um supercompressor é conectado ao virabrequim por uma correia (geralmente dentada) e duas polias, é instalado entre o sistema de alimentação (injeção mecânica, ou injeção eletrônica) e o coletor de admissão. Sua finalidade é muito semelhante a do turbocompressor, mas um turbocompressor é acionado pela energia dos gases de escape gerados no motor para girar uma turbina. Em aplicações onde uma quantidade grande de força física é mais importante que qualquer outra coisa, como nas corridas de dragsters e em veículos utilizados nas competições tractor pulling, os supercompressores são muito comuns. É muito popular em motores norte-americanos, principalmente os V8.


História[editar | editar código-fonte]

Em 1860, os irmãos Philander e Francis Marion Roots de Connersville, Indiana, patentearam o design para um deslocador de ar para uso em um Alto-forno e outras aplicações industriais. O primeiro "Supercharger" do mundo realmente testado foi feito pelo Dugald Clerk, quem usou no primeiro motor dois tempos em 1878. Gottlieb Daimler recebeu uma patente alemã por equipar um motor à combustão com o supercompressor em 1885. Louis Renault patenteou um supercompressor centrífugo na frança em 1902. Anteriormente um carro de corrida equipado com o supercompressor foi construído por Lee Chadwick de Pottstown, Pensilvânia em 1908, o qual foi relatado ter alcançado uma velocidade de 100 mph (160km/h).

A primeira construção de carros com supercompressor em série do mundo foram os Mercedes de 6/25/40 cavalos e os Mercedes de 10/40/65 cavalos. Ambos modelos foram introduzidos em 1921 e tinham supercompressores de fábrica.

Tipos de Supercompressores[editar | editar código-fonte]

Existem dois tipos principais de supercompressores definidos de acordo com o método de compressão: descarga positiva e compressores dinâmicos. O primeiro entrega um nível relativamente constante de acréscimo de pressão em todas as velocidades do motor (RPM), enquanto o último acrescenta pressão de acordo com a velocidade do motor.


Ícone de esboço Este artigo sobre Motor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.