Supercopa Libertadores 1988

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Supercopa Libertadores 1988
Dados
Participantes 13
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 10 de fevereiro18 de junho
Gol(o)s 51
Jogos 24
Média 2,13 gol(o)s por partida
Campeão Argentina Racing (1º título)
Vice-campeão Brasil Cruzeiro
Melhor marcador 4 gols:
Maior goleada
(diferença)
River Plate Argentina 4 – 0 Paraguai Olimpia
Estádio Monumental de NúñezBuenos Aires
20 de abril, Primeira fase
Soccerball.svg 1989 ►►

A Supercopa Libertadores 1988 foi a primeira edição deste torneio de futebol que reunia os clubes campeões da Taça Libertadores da América. O campeão foi o Racing, da Argentina, que na final venceu a equipe Cruzeiro, do Brasil.[1]

Devido ao fato do número de participantes ser ímpar (13, no total), algumas equipes passavam diretamente à fase seguinte, definidas através de sorteio.

Participantes[editar | editar código-fonte]

 Argentina
Clube Cidade Classificação
Argentinos Juniors Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1985
Boca Juniors Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1977 e 1978
Estudiantes La Plata Campeão da Libertadores de 1968, 1969 e 1970
Independiente Avellaneda Campeão da Libertadores de 1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984
Racing Avellaneda Campeão da Libertadores de 1967
River Plate Buenos Aires Campeão da Libertadores de 1986
 Brasil
Clube Cidade Classificação
Cruzeiro Belo Horizonte Campeão da Libertadores de 1976
Flamengo Rio de Janeiro Campeão da Libertadores de 1981
Grêmio Porto Alegre Campeão da Libertadores de 1983
Santos Santos Campeão da Libertadores de 1962 e 1963
Paraguai
Clube Cidade Classificação
Olimpia Assunção Campeão da Libertadores de 1979
Uruguai
Clube Cidade Classificação
Nacional Montevidéu Campeão da Libertadores de 1971 e 1980
Peñarol Montevidéu Campeão da Libertadores de 1960, 1961, 1966, 1982 e 1987

Tabela[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
10 de fevereiro de 1988 Independiente Argentina 1 – 2 Brasil Cruzeiro La Doble Visera, Avellaneda (Argentina)
21:00 h (UTC-3)
Merlini Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Vilmar Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59'
Hamílton Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
Público: 35.137
Árbitro: Paraguai Carlos Maciel

24 de fevereiro de 1988 Racing Argentina 2 – 0 Brasil Santos Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)
21:15 h (UTC-3)
Iglesias Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30'
Colombatti Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Árbitro: Uruguai Juan Daniel Cardelino

2 de março de 1988 Boca Juniors Argentina 1 – 0 Brasil Grêmio La Bombonera, Buenos Aires (Argentina)

Comas Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4' Árbitro: Chile Gastón Castro

30 de março de 1988 Estudiantes Argentina 1 – 1 Brasil Flamengo José Amalfitani, Buenos Aires (Argentina)

Gissi Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15' Bebeto Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8' Público: 5.813
Árbitro: Chile Hernán Silva

6 de abril de 1988 Peñarol Uruguai 1 – 0 Argentina Argentinos Juniors Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Herrera Gol marcado

13 de abril de 1988 Olimpia Paraguai 2 – 0 Argentina River Plate Defensores del Chaco, Assunção (Paraguai)

Ramírez Gol marcado
Mendoza Gol marcado
Jogos de volta
25 de fevereiro de 1988 Cruzeiro Brasil 1 – 0 Argentina Independiente Mineirão, Belo Horizonte (MG)
21:00 h (UTC-3)
Heriberto Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' Público: 14.856
Árbitro: Bolívia Luis Barrancos

3 de março de 1988 Santos Brasil 0 – 0 Argentina Racing Vila Belmiro, Santos (SP)
21:30 h (UTC-3)
Público: 3.663
Árbitro: Equador Jorge Orellana

16 de março de 1988 Grêmio Brasil 2 – 0 Argentina Boca Juniors Olímpico, Porto Alegre (RS)

Lima Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Cuca Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Árbitro: Uruguai José Martínez Bazán

5 de abril de 1988 Flamengo Brasil 3 – 0 Argentina Estudiantes Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Luís Henrique Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Renato Gaúcho Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Bebeto Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Público: 8.653
Árbitro: Bolívia Juan Ortubé

15 de abril de 1988 Argentinos Juniors Argentina 2 – 0 Uruguai Peñarol Buenos Aires (Argentina)

Espíndola Gol marcado
Batista Gol marcado

20 de abril de 1988 River Plate Argentina 4 – 0 Paraguai Olimpia Monumental de Nuñez, Buenos Aires (Argentina)

Alzamendi Gol marcadoGol marcado
Da Silva Gol marcadoGol marcado

* Por sorteio, o Nacional entrou direto nas quartas-de-final.

Quartas-de-final[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
28 de abril de 1988 Nacional Uruguai 3 – 0 Brasil Flamengo Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Lemos Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14'
Sergio Olivera Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65' Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
Árbitro: Argentina Carlos Espósito

3 de maio de 1988 Grêmio Brasil 1 – 0 Argentina River Plate Olímpico, Porto Alegre (RS)

Valdo Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Árbitro: Paraguai Carlos Maciel

5 de maio de 1988 Cruzeiro Brasil 1 – 0 Argentina Argentinos Juniors Mineirão, Belo Horizonte (MG)
21:30 h (UTC-3)
Ramon Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Árbitro: Chile Hernán Silva
Jogos de volta
4 de maio de 1988 Flamengo Brasil 0 – 2 Uruguai Nacional Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
21:30 h (UTC-3)
Castro Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35' Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Árbitro: Argentina Jorge Romero

11 de maio de 1988 River Plate Argentina 3 – 1 Brasil Grêmio Monumental de Nuñez, Buenos Aires (Argentina)
21:30 h (UTC-3)
Alfinete Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' (C)
Alzamendi Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Lima Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47' Árbitro: Bolívia Luis Barrancos

18 de maio de 1988 Argentinos Juniors Argentina 0 – 1 Brasil Cruzeiro José Amalfitani, Buenos Aires (Argentina)

Heriberto Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'

* Por sorteio, o Racing entrou direto nas semifinais.

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Jogos de ida
25 de maio de 1988 Racing Argentina 2 – 1 Argentina River Plate Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)

Fernández Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47' Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Borelli Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45' Árbitro: Argentina Juan Carlos Lousteau

30 de maio de 1988 Nacional Uruguai 3 – 2 Brasil Cruzeiro Centenario, Montevidéu (Uruguai)

Sergio Olivera Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45' Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Vargas Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Careca Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Ademir Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Árbitro: Chile Gastón Castro
Jogos de volta
1º de junho de 1988 River Plate Argentina 1 – 1 Argentina Racing Monumental de Nuñez, Buenos Aires (Argentina)

Gutiérrez Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' (P) Fabbri Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' Árbitro: Argentina Carlos Espósito

3 de junho de 1988 Cruzeiro Brasil 1 – 0 Uruguai Nacional Mineirão, Belo Horizonte (MG)
21:30 h (UTC-3)
Robson Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65' Público: 90.469 pagantes
Árbitro: Argentina Ricardo Calabria

Finais[editar | editar código-fonte]

1° jogo
13 de junho de 1988 Racing Argentina 2 – 1 Brasil Cruzeiro Juan Domingo Perón, Avellaneda (Argentina)
15:00 h (UTC-3)
Fernández Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Colombatti Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Robson Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36' Árbitro: Chile Hernán Silva
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Racing
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
RACING:
G Argentina Fillol
LD Uruguai Vázquez
Z Argentina Gustavo Costas
Z Argentina Fabbri
LE Argentina Olarán
V Argentina Acuña Substituído após 76 minutos de jogo 76'
V Argentina Ludueña
M Argentina Colombatti
M Uruguai Rubén Paz
A Argentina Catalán Substituído após 64 minutos de jogo 64'
A Argentina Fernández
Substituição:
A Argentina Medina Bello Entrou em campo após 64 minutos 64'
M Argentina Pérez Entrou em campo após 76 minutos 76'
Treinador:
Argentina Alfio Basile
CRUZEIRO:
G Brasil Wellington
LD Brasil Ronaldinho
Z Brasil Gilmar Francisco
Z Brasil Heraldo
LE Brasil Wladimir
V Brasil Éder
V Brasil Ademir
M Brasil Heriberto
M Brasil Anderson Substituído após 66 minutos de jogo 66'
A Brasil Robson
A Brasil Careca
Substituição:
LE Brasil Genilson Entrou em campo após 66 minutos 66'
Treinador:
Brasil Carlos Alberto Silva
2° jogo
18 de junho de 1988 Cruzeiro Brasil 1 – 1 Argentina Racing Mineirão, Belo Horizonte (MG)
20:20 h (UTC-3)
Robson Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Catalán Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Árbitro: Uruguai Juan Cardelino
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cruzeiro
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Racing
CRUZEIRO:
G Brasil Wellington
LD Brasil Balu
Z Brasil Gilmar Francisco
Z Brasil Heraldo PenalizadoPenalizadoExpulso
LE Brasil Wladimir
V Brasil Éder
V Brasil Ademir
M Brasil Heriberto Substituído após 46 minutos de jogo 46'
M Brasil Anderson
A Brasil Robson
A Brasil Careca
Substituição:
A Brasil Ramon Entrou em campo após 46 minutos 46'
Treinador:
Brasil Carlos Alberto Silva
RACING:
G Argentina Fillol
LD Uruguai Vázquez
Z Argentina Gustavo Costas
Z Argentina Fabbri
LE Argentina Olarán
V Argentina Acuña
V Argentina Ludueña
M Argentina Colombatti PenalizadoPenalizadoExpulso
M Uruguai Rubén Paz Substituído após 79 minutos de jogo 79'
A Argentina Catalán Substituído após 72 minutos de jogo 72'
A Argentina Fernández
Substituição:
A Argentina Medina Bello Entrou em campo após 72 minutos 72'
M Argentina Pérez Entrou em campo após 79 minutos 79'
Treinador:
Argentina Alfio Basile

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Oitavas-de-final Quartas-de-final Semifinais Final
 10 de fevereiro a 20 de abril  28 de abril a 18 de maio  25 de maio a 3 de junho  13 e 18 de junho
                                       
1  Brasil Cruzeiro 2 1  
16  Argentina Independiente 1 0  
   Brasil Cruzeiro 1 1  
   Argentina Argentinos Juniors 0 0  
8  Argentina Argentinos Juniors 0 2
9  Uruguai Peñarol 1 0  
   Brasil Cruzeiro 2 1  
   Uruguai Nacional 3 0  
5  Brasil Flamengo 1 3  
12  Argentina Estudiantes 1 0  
   Brasil Flamengo 0 0
   Uruguai Nacional 3 2  
4  Uruguai Nacional - -
13   - -  
   Brasil Cruzeiro 1 1
   Argentina Racing 2 1
2  Argentina Racing 2 0  
15  Brasil Santos 0 0  
   Argentina Racing - -
    - -  
7  
10    
   Argentina Racing 2 1
   Argentina River Plate 1 1  
6  Brasil Grêmio 0 2  
11  Argentina Boca Juniors 1 0  
   Brasil Grêmio 1 0
   Argentina River Plate 0 3  
3  Argentina River Plate 0 4
14  Paraguai Olimpia 2 0  
Supercopa Libertadores 1988
Flag of Argentina.svg
Racing
Campeão
(1º título)

Referências

  1. Hace 20 años, Racing y Basile eran mucho más felices ETER, acessado em 23 de julho de 2009
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.