Superflat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Superflat é um movimento artístico pós-modernista, fundado pelo artista Takashi Murakami, influenciado pelos estilos mangá e anime.[1] É também o nome de uma exposição de arte de 2001, criada por Murakami, que passou por West Hollywood, Minneapolis e Seattle.[2]

Descrição[editar | editar código-fonte]

O estilo Superflat é usado por Murakami para referir-se à várias formas planas da arte gráfica, animações, cultura pop e outras artes japonesas, assim como o "vazio da cultura consumista japonesa".[3]

Além de Murakami, existem outros artistas cujos trabalhos são considerados "Superflat", como Chiho Aoshima, Mahomi Kunikata, Sayuri Michima, Yoshitomo Nara, Tatsuyuki Tanaka e Aya Takano. Além disso, alguns produtores de animes e mangakas são considerados Superflat, especialmente Koji Morimoto (e muitos outros trabalhos do seu estúdio de animação, Studio 4°C), e as obras de Hitoshi Tomizawa, autor de Alien Nine e Milk Closet.

Murakami foi influenciado por diretores como Hideaki Anno.[4]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
  1. Natalie Avella, Graphic Japan: From Woodblock and Zen to Manga and Kawaii, Rotovision, 2004, p111. ISBN 2880467713
  2. Kitty Hauser, Superflat: Kitty Hauser on fan fare, ArtForum, Oct, 2004.
  3. Hunter Drohojowska-Philp, artnet.com
  4. Frenchy Lunning, Emerging Worlds of Anime and Manga, University of Minnesota Press, 2006, p133. ISBN 0816649456
Bibliografia
  • Alexandre Lancaster. Neo Tokyo #20: Superflat - A reação do pós-modernismo japonês ao boom otaku.. [S.l.]: Editora Escala.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]