Supertaça Cândido de Oliveira de 1999

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Supertaça Cândido de Oliveira relativa à época 1998-1999 foi a 21ª edição da Supertaça Cândido de Oliveira.

O troféu foi disputado entre o Porto vencedor da Primeira Liga e o Beira-Mar vencedor da Taça de Portugal.

Foi a penúltima edição em que a discussão do título se fazia a duas mãos, ou três, caso a soma do resultado das duas primeiras fosse o empate. Situação que não foi necessária nesta edição. Na primeira mão, jogada no Estádio Mário Duarte, o campeão nacional venceu por 2 golos contra um. O jogo relativo à segunda mão, realizado no Estádio das Antas voltou a ser novamente uma vitória para o Porto, desta vez por três golos contra um. Assim o Porto venceu o troféu.

Finais[editar | editar código-fonte]

1ª mão[editar | editar código-fonte]

7 de Agosto de 1999 Beira-Mar 2 – 1 FC Porto Estádio Mário Duarte, Aveiro

Fary Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65' Domingos Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Esquerdinha Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Árbitro: Jorge Coroado

2ª mão[editar | editar código-fonte]

15 de Agosto de 1999 FC Porto 3 – 1 Beira-Mar Estádio das Antas, Porto

Jardel Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6' Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82'
Lobão Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86' (g.p.)
Óscar Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' Árbitro: Isidoro Rodrigues

Campeão[editar | editar código-fonte]


Supertaça Cândido de Oliveira 1998-99
Flag of Portugal.svg
FC Porto
11º Título

Ver também[editar | editar código-fonte]

Supertaça Cândido de Oliveira


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.