Supremo Conselho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Supremo Conselho é uma Instituição maçônica autônoma que congrega Lojas Maçônicas dos chamados Graus Filosóficos do Rito Escocês Antigo e Aceito, ou seja, dos Graus 4 ao 33.

O Supremo Conselho mantém tratados de reconhecimento com as Obediências Maçônicas Simbólicas, só aceitando membros oriundos dos Graus Simbólicos destas.

Assim como nos Graus Simbólicos da Maçonaria (Graus 1 a 3), onde existe uma autoridade física chamada de Grão Mestre, no Supremo Conselho a autoridade máxima é denominada Soberano Grande Comendador.

Supremos Conselhos no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil existem diversos Supremos Conselhos conforme a existência de Grandes Orientes ou Grandes Lojas, sendo os principais:

  • O Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito para a República Federativa do Brasil com tratado de reconhecimento com a CMSB, é reconhecido internacionalmente. Aceita membros filiados ao Grande Oriente do Brasil, CMSB e COMAB.

{A 15 de novembro de 1965, era assinado o Tratado de Amizade e Aliança Maçônica do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito com o Grande Oriente do Brasil, o qual foi publicado no Boletim Oficial nº 19, Ano III, novembro/dezembro – 1965.}

Histórico de Soberano Grande Comendadores[editar | editar código-fonte]

Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria Para a República Federativa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 Para o Rito Escocês Antigo e Aceito[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]