Surrealistic Pillow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Surrealistic Pillow
Álbum de estúdio de Jefferson Airplane
Lançamento fevereiro de 1967
Gravação 31 de outubro de 196622 de novembro de 1966
Gênero(s) Rock psicodélico
Duração 33:40
Gravadora(s) RCA Victor
Produção Rick Jarrard
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Jefferson Airplane
Último
Último
Jefferson Airplane Takes Off
(1966)
After Bathing at Baxter's
(1967)
Próximo
Próximo


Surrealistic Pillow é o segundo álbum de estúdio da banda estado-unidense de rock psicodélico Jefferson Airplane, lançado em fevereiro de 1967.

Informação[editar | editar código-fonte]

Tendo sido gravado em poucas semanas do final de 1966, a fusão de folk rock e música psicodélica era bastante original na época, seguindo artistas como The Byrds, The Beatles e Bob Dylan. Foi o primeiro álbum de sucesso da banda, anunciando ao mundo a cena ativa em São Francisco que havia começado com o The Beats na década anterior, e que já era ouvida em álbuns de bandas contemporâneas como Quicksilver Messenger Service e Grateful Dead. O álbum recebeu disco de ouro nos Estados Unidos em 24 de julho de 1967, ocupando posições de topo da parada que na época estavam representadas por bandas como The Beatles (que no mesmo ano havia lançado um de seus principais álbuns, também inspirado pela psicodelia, Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band) e The Rolling Stones. A título de comparação, em 1967 também foram lançados álbuns relevantes como The Piper at the Gates of Dawn e The Velvet Underground and Nico.

O baterista original Alexander 'Skip' Spence deixou a banda em meados de 1966, tendo sido substituído pelo baterista de jazz Spencer Dryden. A vocalista Signe Anderson também deixou a banda logo após, e ainda em no mesmo ano foi contratada Grace Slick. Ela trouxe de sua banda anterior, The Great Society, duas canções que tornariam-se os maiores sucessos do Jefferson Airplane, "White Rabbit" e "Somebody to Love". Os créditos de composição e escrita de letras foi divido entre Marty Balin, Grace, Kantner e Jorma Kaukonen, e os vocais foram compartilhados por Grace e Balin. Apesar de ter sido produzido por Rick Jarrard, que não tinha bom relacionamento com os integrantes, a banda trouxe Jerry Garcia do Grateful Dead para atuar como produtor de facto na maioria das gravações. Em tom humorístico, Jerry foi creditado como "conselheiro musical e espiritual". Garcia também participou como músicos tocando violão em "Plastic Fantastic Lover" e cantando com Marty Balin em "Comin' Back to Me."

Em 2003, o álbum foi listado na 146ª posição na Lista dos 500 melhores álbuns de sempre da Revista Rolling Stone[1] . O álbum foi relançado diversas vezes em CD, em diferentes edições.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado um[editar | editar código-fonte]

  1. "She Has Funny Cars" (Marty Balin, Jorma Kaukonen) – 3:03
  2. "Somebody to Love" (Darby Slick) – 2:54
  3. "My Best Friend" (Skip Spence) – 2:59
  4. "Today" (Balin, Paul Kantner) – 2:57
  5. "Comin' Back to Me" (Balin) – 5:18

Lado dois[editar | editar código-fonte]

  1. "3/5 of a Mile in 10 Seconds" (Balin) – 3:39
  2. "D.C.B.A.-25" (Kantner) – 2:33
  3. "How Do You Feel" (Tom Mastin) – 3:26
  4. "Embryonic Journey" (Kaukonen) – 1:51
  5. "White Rabbit" (Grace Slick) – 2:27
  6. "Plastic Fantastic Lover" (Balin) – 2:33

Faixas bônus do relançamento de 2003[editar | editar código-fonte]

  1. "In the Morning" (Kaukonen) – 6:21
  2. "J.P.P. McStep B. Blues" (Spence) – 2:37
  3. "Go To Her" (Kantner, Irving Estes) – 4:02
  4. "Come Back Baby" (trad. arranged Kaukonen) – 2:56
  5. "Somebody to Love" (mono single mix) (D. Slick) – 2:58
  6. "White Rabbit" (mono single mix) (G. Slick) – 5:20
  7. "D.C.B.A.-25" (Kantner) (instrumental - faixa escondida) – ?:??

Lista de faixas alternativa[editar | editar código-fonte]

As versões em cassete e Stereo 8 possuíam uma lista de faixas diferente do vinil, a saber:

  1. "She Has Funny Cars" (Balin, Kaukonen)
  2. "Comin' Back to Me" (Balin)
  3. "Somebody to Love" (Slick, Slick)
  4. "My Best Friend" (Spence)
  5. "D.C.B.A. 25" (Kantner)
  6. "Today" (Balin/Kantner)
  7. "3/5 of a Mile in 10 Seconds" (Balin)
  8. "Embryonic Journey" (Kaukonen)
  9. "How Do You Feel" (Mastin)
  10. "White Rabbit" (Slick)
  11. "Plastic Fantastic Lover" (Balin)

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Equipe adicional[editar | editar código-fonte]

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Álbum
Ano Parada Posição
1967 Álbuns Pop da Billboard 3
Compactos
Ano Compacto Parada Posição
1967 "Somebody to Love" Compactos Pop Billboard 5
1967 "White Rabbit" Compactos Pop Billboard 8

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]