Suzuki Hayabusa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hayabusa GSX1300R
Hayabusa.jpg
Fabricante Suzuki
Apelido Busa, Bus, Haya
Produção 1999 - presente
Tipo Hyper Sport
Motor 1340cc3
4 cilindros em linha, 4 tempos DOHC 16v[1]
Potência 197cv a 9.500 rpm[1]
Torque 15,81 kgfm a 7.200 rpm[1]
Transmissão 6 marchas
Suspensão Dianteira: forquilha invertida com 43mm de diâmetro - 120mm de curso;
Traseira: monoamortecedor totalmente regulável - 120mm de curso
Freios Dianteiro: Discos duplos de 310mm, assistidos por 4 pinças de montagem radial ;
Traseiro: Disco simples de 260 mm, com pinça de um pistão
Pneus D: 120/70-R-17;
T: 190/50-R-17
Altura do Assento 735mm[1]
Tanque 21 lts
Relações Suzuki B-King
Similar Honda CBR 1100XX SuperBlackbird,Kawasaki Ninja ZX-12R

A Suzuki Hayabusa (também conhecida como GSX1300R em alguns países) é uma motocicleta Hyper Sport originalmente apresentada pela Suzuki em 1999. Possui um motor de 1.340cc de 4 cilindros em linha, 4 tempos e foi exaustivamente testada como sendo a motocicleta em produção mais rápida do mundo antes de um acordo de cavalheiros entre os fabricantes japoneses em 2001 para limitar, eletronicamente, a velocidade das motocicletas produzidas a patir daquele momento.

História[editar | editar código-fonte]

1999[editar | editar código-fonte]

O nome Hayabusa é a tradução japonesa para Falcão-peregrino, o pássaro que é capaz de velocidades superiores a 320 km/h[2] e é, também, o predador natural (talvez não por coincidência) do blackbird (nome atribuído a várias espécies de pássaros), em uma clara referência à CBR 1100XX Super Blackbird pois, quando foi lançada no mercado, em 1999, tomou o título de motocicleta mais rápida do mundo das mãos da Honda. A primeira geração da Hayabusa era chamada de GSX1300R e era impulsionada por um motor de 1.299cc com 4 cilindros em linha, refrigerado a água. Esse motor permaneceu praticamente inalterado até o modelo 2008 ser lançado no mercado. Originalmente, o motor de 1.299cc é capaz dos seguintes números:

  • 1/4 de milha (402m): 10.02s @ 231.26 km/h[3]
  • 60–130 km/h: 3.13s[3]
  • 130–160 km/h: 3.31s[3]
  • Velocidade Máxima: 317 km/h (recorde aferido pelo Guinness Book de 2000 e 2004)[3]
  • Potência: 180 cv (157cv @ 9.800 rpm, medido na roda traseira)[3]

2008[editar | editar código-fonte]

A competição no segmento de motos Hyper Sport cresceu muito com a inclusão de outras marcas, como BMW K1200S, Kawasaki Ninja ZX-12R e Kawasaki Ninja ZX-14. Esse crescimento fez com que a Suzuki repensasse toda a estratégia de mercado da Hayabusa, revisando todo seu modelo para o lançamento de 2008.[4] A Suzuki simplesmente abriu mão da designação GSX1300R em alguns países e chamou a motocicleta de Hayabusa. O tamanho do motor cresceu para 1340cc com uma taxa de compressão de 12.5:1. Após toda a revisão, o ganho de potência obtido superou em de 12% ao propulsor anterior, passando a gerar 197cv estáticos.[5] [6]

O combustível agora é injetado através de um novo corpo de borboleta de 44mm, usando o Suzuki Dual Throttle Valve (ou somente SDTV), que pode-se resumir para os menos entendidos técnicamente como a adição de mais um bico injetor em cada um dos quatro cilindros, ou seja, agora são dois por cilindros, com ângulos distintos, aumentando considerávelmente o aproveitamento do cobustivel injetado, resultando neste considerável incremento de potência e torque. Há que se ressaltar a presença do sistema SRAD (Suzuki Ram Air Direct), que acrescenta cerca de MAIS 10cv acima dos 200Km/h, fazendo com que ela alcance a marca próxima dos 210cv dinâmicos. O sistema de seleção do modo de pilotagem (chamado de Suzuki Drive Mode Selector, ou simplesmente S-DMS[7] ) , uma tecnologia introduzida na linha GSX-R, permite escolher entre três opções de entrega de potência: "C" conforto (touring, com cerca de 120cv), "B" normal (média de aproximadamente 160 cv) e "A" esporte (high performance, entregando ai a totalidade de 197cv). Uma das características mais notáveis é a inclusão de um novo sistema de exaustão 4-2-1-2, que cumpre as exigências das regulamentações de emissão de gases EURO3 e EPA Tier 2, um sistema de embreagem deslizante, uma carenagem redesenhada, os piscas traseiros também foram incorporados à traseira da motocicleta, para melhoria da aerodinâmica. Apesar da velocidade máxima, uma das características mais marcantes do modelo, ter sido limitada eletronicamente em 299 km/h, a aceleração está mais rápida, mesmo comparada aos carros mais rápidos do planeta: de 0 a 160 km/h em 5.44s[3]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Painel de uma Hayabusa

Desde sua estréia em 1999 até Junho de 2007, mais de 100.000 unidades de Hayabusa foram vendidas ao redor do mundo[8] . Nos Estados Unidos da América, durante o ano de 2005 mais de 10.000 unidades foram vendidas[9] . Para 2006 no mercado estadunidense as vendas da Hayabusa foram em número dobrado às vendas da Kawasaki Ninja ZX-14, que começou a ser vendida nesse ano.[10] E novamente, no ano de 2007 as vendas do modelo Hayabusa somaram 10.000 unidades somente nos EUA.[11]

Em geral, as vendas nos EUA foram crescendo ano após ano desde o lançamento em 1999 até 2006 sendo de poucas milhares de unidades a mais de 10.000 em 2006.[9] . Não há informações de vendas globais fornecidas pela própria Suzuki ou pelas revendedoras regionais.

Outros usos[editar | editar código-fonte]

O potente e leve motor da Hayabusa gerou criações diferenciadas, não somente no mercado de motocicletas. O Westfield Megabusa é um carro esporte inglês, baseado no Lotus Seven, que usa o motor da Hayabusa.[12]

O motor também foi usado em um automóvel Smart city car de dois lugares (denominado de Smart Diablo), apesar desta ser somente uma mudança experimental, não para fins de comercialização.

Referências

  1. a b c d Cassio Narciso. (22/08/2008). "Nova Hayabusa" (em Português). Moto Max (29): pp. 51 -54. Europa. ISSN 1809-3825.
  2. Ian Hayward (Fevereiro 2008). The RSPB: Advice: How fast can the peregrine falcon fly? (HTML) The Royal Society for the Protection of Birds. Visitado em 22/01/2009.
  3. a b c d e f Suzuki Hayabusa GSX1300R Performance Statistics Page 1 (HTML) Peter Lee (Setembro 2008). Visitado em 22/01/2009.
  4. Edge, Dirck (27/06/2007). Suzuki Introduces 1300 cc Hayabusa, B-King, and Fuel-Injected RM-Z450 Motocrosser (HTML) Motorcycle Daily. Visitado em 22/01/2009.
  5. Hilderbrand, JC (29/06/2007). 2008 Suzuki Hayabusa and B-King (HTML) MotorcycleUSA.com. Visitado em 22/01/2009.
  6. Suzuki GSX1300R Hayabusa (2008->...) Site Oficial Suzuki Motos no Brasil. Visitado em 09/06/2010.
  7. 2008 Suzuki B-King The Kneeslider. Visitado em 21/01/2009.
  8. Cycle World - First Look: 2008 Suzuki Hayabusa Cycle World. Visitado em 22/01/2009.
  9. a b 2006 ZX-14 vs. Hayabusa MotorcycleUSA.com. Visitado em 23/01/2009.
  10. 2008 Suzuki GSX1300R Hayabusa Sport Rider Magazine. Visitado em 23/01/2009.
  11. Suzuki Hayabusa Motorcyclist Magazine. Visitado em 23/01/2009.
  12. SE Megabusa Westfield Sportscars Ltd. Visitado em 23/01/2009.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • uma Suzuki Hayabusa testes feitos indicam que é atualmente a moto mais veloz do planeta
  • uma Suzuki Hayabusa roxa e prateada foi conduzida por Smoke no filme fCorridas Clandestinas.
  • uma Suzuki Hayabusa foi usada no show da cantora Ivete Sangalo no Maracanâ em 2006.