Sweet Lullaby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Sweet Lullaby"
Single de Deep Forest
do álbum Deep Forest
Lado B Remix
Lançamento 1992
1994 (remixes)
Formato(s) CD single, CD maxi, 12" maxi
Gênero(s) world music/etno techno
Duração 3:55
Gravadora(s) Epic, Dance Pool
Composição Eric Mouquet
Michel Sanchez
Produção Dan Lacksman
Cronologia de singles de Deep Forest
Último
Último
"Deep Forest"
(1993)
Próximo
Próximo
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Sweet Lullaby" é uma canção de world music/etno techno do grupo francês Deep Forest lançada em seu álbum homônimo de 1992. Ganhou popularidade entre 1992 e 1993, quando foi lançada como single, tornando-se um hit top 30 em muitos países europeus e da Oceania. Em 1994, foi re-lançada em versões remixadas.

Informações[editar | editar código-fonte]

A canção é baseada em uma cantiga de ninar - na língua Baegu, originária das Ilhas Salomão - chamada "Rorogwela" e utiliza uma amostra vocal gravada originalmente em 1970 pelo etnomusicólogo Hugo Zemp, e mais tarde lançada pela UNESCO como parte de sua coleção de fontes musicais. As letras se referem a um jovem órfão sendo consolado por seu irmão mais velho, apesar da perda de seus pais.[1]

Catedral de São Basílio em Moscou: uma das diversas partes do mundo mostradas no videoclipe e visitadas pela menina no triciclo.

O videoclipe, dirigido por Tarsem Singh, também foi indicado para vários prêmios no MTV Video Music Awards em 1994.[2] O vídeo mostra uma menina andando de triciclo na frente de cenas icónicas de todo o mundo.

Em 2005, a canção ganhou novamente exposição quando foi apresentada por Matt Harding em seu vídeo viral Where the Hell is Matt?. O vídeo apresentou a versão Nature's Dancing 7" Mix da canção.[3] Em 2008, Harding viajou para Malaita, a maior das ilhas Salomão para tentar encontrar Afunakwa, a mulher que acredita-se cantar "Rorogwela" na gravação feita por Zemp. De acordo com vídeo Where the Hell is Afunakwa?, Afunakwa teria morrido em 1998.

A música e o videoclipe foram utilizados em meados dos anos 1990 para anunciar a estação de TV australiana SBS. A canção inspirou um curta-metragem retratando uma garotinha viajando ao redor do mundo em seu triciclo, enquanto a canção de ninar era executada ao fundo, e ela voltou para casa para ouvir a canção de ninar nos braços de sua mãe. O curta-metragem foi acompanhado pelo subtexto "The world is an amazing place" - O mundo é um lugar incrível.

A canção foi sampleada por Moby na faixa Flying Foxes do álbum Play: The B Sides.

O saxofonista Jan Garbarek gravou seu próprio arranjo instrumental da canção em seu álbum "Visible World" (1995), com o título "Pygmy Lullaby". Na capa do CD é afirmado erroneamente que trata-se de uma melodia de origem africana.

Tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sweet Lullaby lyrics & translation
  2. 1994 MTV VIDEO MUSIC AWARDS
  3. Where the Hell is Matt? FAQ
  4. Deep Forest singles, German Singles Chart (em german) musicline. Visitado em 28 de abril de 2012.
  5. a b c d "Sweet Lullaby", in various singles charts Lescharts.com (Acessado em 28 de abril de 2012)
  6. a b c Billboard allmusic.com (Acessado em 28 de abril de 2012)
  7. a b Single top 100 over 1994 (pdf) (em dutch) Top40. Visitado em 28 de abril de 2012.
  8. Irish Singles Chart Irishcharts.ie (Acessado em 28 de abril de 2012)
  9. UK Singles Chart Chartstats.com (Acessado em 28 de abril de 2012)