Syang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2014) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Syang
Syang.jpg
Informação geral
Nascimento 7 de novembro de 1970 (43 anos)
Origem Brasília, DF
País  Brasil

Syang (nome artístico de Simone Dreyer Péres, Brasília, 7 de novembro de 1970) é uma cantora brasileira.

História[editar | editar código-fonte]

Syang começou a aprender a tocar piano aos oito anos. Três anos depois, ganhou o seu primeiro violão, e então decidiu ser guitarrista. Aos treze, formou a banda Autópsia, formada apenas com garotas, que começou a tocar na garagem de sua casa em Brasília. Integrou ainda o Detrito Federal, a P.U.S. (lançando quatro álbuns) e o grupo Defalla em sua fase 'glamrock', por volta de 2003.

Obteve pequeno êxito em sua carreira solo, com a música "Olha Pra Mim". O clipe foi relativamente bem executado na MTV Brasil.

Em 2002 lançou o livro No Cio de contos eróticos, onde conta experiências sexuais suas e de amigos. Foi capa da revista Playboy de novembro de 2002[1] e da Sexy[desambiguação necessária] de maio de 2004. Nesta última publicou um conto, Nua (e com tesão) em Brasília (p. 82-83).

Syang gosta de comida vegetariana, entre outras. Aprecia esportes, em especial o jiu-jitsu, sendo que ela é praticante, graduada na faixa azul, tendo inclusive participado de competições. Ela é casada com o lutador de jiu-jitsu (Eduardo Santoro) – seu segundo marido –, com quem teve uma menina em 2008. No mesmo ano, apresentou por 6 semanas (de julho a agosto) o Hot Hits na Rede 21, antes de a mesma se tornar um canal religioso.

Em outubro de 2008 publicou um novo livro, Sexualidade na gravidez: relatos de uma mãe de primeira viagem.

Em 2014 foi contratada pelo SBT para fazer parte do reality show Esse Artista Sou Eu, comandado por Márcio Ballas.

Casa dos Artistas[editar | editar código-fonte]

Foi participante da segunda edição da Casa dos Artistas (SBT), em 2002. Na casa, Syang chegou a ter uma aproximação com Gustavo Mendonça, sem, contudo, tornar-se em um relacionamento mais sério. Porém, provocou ciúmes em seu marido na época, Daniel Sabbá. Logo após, o casamento deles chegou ao fim.[2] O mesmo Gustavo, manteve na mesma edição do reality show, algo parecido com outra participante, Mariana Kupfer.[3]

Referências

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Syang
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.