Sylvère Lotringer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sylvère Lotringer


Sylvère Lotringer
Nome completo Sylvère Lotringer
Nascimento 1938
Nacionalidade Flag of France.svg francês
Ocupação filósofo

Sylvère Lotringer (Paris,1938) é um filósofo e crítico teórico francês, professor de literatura francesa e filosofia na Columbia University, Nova York e European Graduate School, Saas-Fee.[1] Fundou e é editor-geral da revista e editora estadunidense independente Semiotext(e).[2]

A revista, criada em 1974, visa divulgar a obra de teóricos franceses - como Gilles Deleuze, Jean Baudrillard, Paul Virilio, Félix Guattari, Michel Foucault, entre outros - nos Estados Unidos, analisando as principais diferenças entre as filosofias dos dois países, e relacionando as descobertas teóricas do pós-estruturalismo com as manifestações urbanas de violência nos EUA.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Lotringer estudou na Sorbonne em Paris e obteve seu doutorado da École Pratique des Hautes Études, VIe section, em 1967.[3] Foi aluno de Roland Barthes e Lucien Goldman.

Vive há mais de trinta anos nos Estados Unidos.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • The Accident of Art, 2005 (com Paul Virilio)
  • French Theory in America, 2001 (com Sande Cohen)
  • Pure War, 1997 (com Paul Virilio)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.