Symphony Hall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Symphony Hall
Registro Nacional de Lugares Históricos
Marco Histórico Nacional dos EUA
Vista sul do Symphony Hall
Symphony Hall está localizado em: Massachusetts
Localização: Avenida Massachusetts, 301
Flag of Boston.svg Boston
 Massachusetts
 Estados Unidos
Coordenadas: 42° 20′ N 71° 5′ W
Construído/Fundado: 1900 (114 anos)
Arquiteto: McKim, Mead and White
Estilo(s): Renascimento
Administração: Privada
Adicionado ao NRHP: 20 de janeiro de 1999 (15 anos)
Nomeado NHL: 20 de janeiro de 1999 (15 anos)
Registro NRHP: 99000633

Symphony Hall é uma sala de concertos localizado na Avenida Massachusetts 301, em Boston, Massachusetts. Criada por McKim, foi construída em 1900 para a Orquestra Sinfónica de Boston, que continua sendo a orquestra a ocupar esta sala. Admirada pela sua acústica, desde o dia de sua inauguração, ela vem sendo considerada uma das melhores acústicas para concertos clássicos no mundo. Em 1999 foi considerada um Património Histórico dos Estados Unidos.

História e Arquitectura[editar | editar código-fonte]

Symphony Hall foi inaugurado no dia 15 de Outubro de 1900 após a antiga casa estar ameaçada por uma auto-estrada que estava sendo construída. Os responsáveis foram os arquitectos McKim, Mead e White, juntos com o Professor de Física da Universidade de Harvard e seu consultor acústico. Symphony Hall foi uma das primeiras salas concebidas de acordo com princípios acústicos.

Interior do Symphony Hall

O Salão foi modelado conforme o segundo Gewandhaus Concert Hall em Leipzig, que foi destruído na Segunda Guerra Mundial. O Hall é relativamente longo, estreito e alto, tem uma forma retangular como o Concertgebouw de Amsterdã e o Musikverein de Viena. Tem 61 metros de altura, 75 metros de largura e 125 metros a partir das costas até a frente do palco. As paredes são em declive para ajudar a concentrar o som. O Hall é construído em aço, gesso e tijolo, com uma decoração modesta. Na lateral, as varandas são rasas, para evitar a captura ou amortização do som. O maestro Herbert von Karajan, comparação ao Musikverein, afirmou "para muita música, este é melhor...por causa da reverberação ligeiramente menor".

Em 2006, devido ao uso e desgaste, o piso do Hall foi substituído, custando US$ 250.000. Os pregos foram feitos com materiais para produzir os originais, e uma parte que estava em ótimo estado foi deixado.

O nome de Beethoven está no palco, ele era o único compositor que os directores concordaram em colocar no Hall. Os assentos são de couro, e ainda são os originais de 1900. Possui 2.625 lugares para concertos com a Sinfónica de Boston, 2371 para a temporada da Orquestra Pops e 800 para o jantar.

Estátuas[editar | editar código-fonte]

As 15 réplicas das estátuas gregas e romanas forram as paredes e foram escritas as palavras "Boston, a Atenas da América" nelas, pelo escritor William Tudor no início do século XIX. Dez delas são de temas místicos, e seis de figuras histórias.

Órgão[editar | editar código-fonte]

O órgão do Hall, um 4800-pip-Eolianas Skinner, concebido por G. Donald Harrison, instalado em 1949 e autografado por Albert Schweitzer é considerado um dos melhores órgãos de concerto em todo o mundo. Ele substitui o primeiro órgão, construído em 1900 por George S. Hutchings de Boston, que foi introduzido electricamente, com 62 fileiras de quase 4.000 tubos fixados em uma câmara de 5 metros de profundidade e 16 metros de altura. Esse órgão tinha saído de linha. Então foram adicionados 600 novos tubos.

Em 2003 o órgão foi totalmente remodelado por Foley-Baker Inc.

Referências

  • Boston Symphony Orchestra, Symphony Hall: The First 100 Years, janeiro 2000.
  • Boston Symphony Orchestra, Program Notes, outubro 1, 2005; abril 8, 2006.