Syndication

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Syndication é o termo em inglês que se refere ao sistema de vendas de programas e séries para diferentes canais, seja para a transmissão ao vivo ou gravada, tanto no rádio quanto na televisão. É um sistema comum em países onde a televisão é composta por cadeias com emissoras locais afiliadas, como é o caso dos Estados Unidos[1] e da Holanda, na União Européia. Nos países com redes nacionais sem afiliadas locais, a prática é pouco comum.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Na televisão dos Estados Unidos existem três tipos de programas e séries em syndication:

  • Aqueles que são transmitidos pela primeira vez já como syndication, sem qualquer grande cadeia nacional, também se incluem os estrangeiros transmitidos pela primeira vez em um país como syndication.
  • Aqueles que são transmitidos como syndication após emiti-las já em uma grande cadeia nacional, constituem também um tipo de repetição.
  • Aqueles transmitidos na rede "pública", que constituem um serviço paralelo do PBS aos canais afiliados, nos canais públicos independentes.

estilos[editar | editar código-fonte]

Quando se trata se series pode se dizer que e permitido a reprise quando a serie ultrapassa os 100 episodios independentes do numeros de temporadas

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.