Técnico em enfermagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

No Brasil, o técnico em enfermagem, é um profissional com formação de nível médio,[1] regulado pela Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986. Esse profissional participa da equipe de enfermagem composta por ele, enfermeiro e auxiliar de enfermagem. Pode também exercer sua função sozinho, como em equipes de HomeCare.

Nas últimas décadas seu trabalho vem tomando grandes proporções nos setores de trabalho. Hoje um técnico de enfermagem poderá ter cursos de especialização e aprimoramentos que antes não eram oferecidos para o profissional.

Antigamente, o técnico era o auxiliar de enfermagem, que possuía somente o ensino fundamental. Com a evolução do atendimento, se fez necessário maior grau de conhecimento desses profissionais. Sendo necessário para sua formação um curso profissionalizante com duração de dois anos .Infelizmente o profissional é mal remunerado, chega a trabalhar ate 72 horas por semana, dependendo da quantidade de setores em que trabalha. Sua remuneração varia de R$ 724,00 a R$ 1.200,00 dependendo da região onde trabalha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ministério da Educação e Cultura (1997). Parecer CNE/CEB nº 17/97. Ministério da Educação e Cultura. Página visitada em 09 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]