Tércio Pacitti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tércio Pacitti
Brigadeiro, engenheiro, professor, pesquisador, escritor
Nacionalidade  Brasileiro
Nascimento 9 de setembro de 1928 (85 anos)
Local Atibaia, SP, Brasil
Morte 18 de junho de 2014[1]
Local Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Causa Acidente vascular cerebral
Atividade
Campo(s) Brigadeiro, engenheiro, professor, pesquisador, escritor
Instituições Instituto Tecnológico de Aeronáutica
Alma mater Universidade da Califórnia em Berkeley

Tércio Pacitti (Atibaia, 9 de setembro de 1928Rio de Janeiro, 18 de junho de 2014) foi um brigadeiro, engenheiro, professor, pesquisador e escritor brasileiro na área de ciência da computação.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Atibaia, SP, Brasil. Realizou seus estudos básicos no Colégio Piracicabano. Graduado engenheiro aeronáutico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em primeiro lugar da turma de 1952, tendo feito o mestrado (1961) e o doutorado (1971) pela Universidade da Califórnia em Berkeley.[2] Foi aluno de David A. Huffman na Berkeley, entre outros.[3]

Um dos maiores nomes da informática brasileira, escreveu vários livros na área, com destaque para o Fortran Monitor, que de 1967 a 1987 vendeu 250 mil exemplares no país, e Do Fortran à Internet, retrospecto de sua vida e da informática no mundo, já em sua terceira edição. Lançou em 2006 Paradigmas do software aberto, seu mais recente trabalho.[2]

Liderou a introdução da informática no ITA, na Aeronáutica, na COPPE-UFRJ e na UNIRIO.[4] Foi o primeiro diretor de Departamento de Cálculo Cientico da COPPE, que em 1970 tornou-se o Núcleo de Computação Eletrônica do qual foi Diretor e que hoje leva o seu nome como "Instituto Tércio Pacitti de Aplicações e Pesquisas Computacionais".[5] Foi Reitor do ITA de 1982 a 1984,[6] e criou o curso de Engenharia da Computação.

Seu último posto no Comando da Aeronáutica, como Major-Brigadeiro Engenheiro foi a chefia da Diretoria de Engenharia, em 1986 e 1987, época em que também presidiu a ADESG. Foi presidente do Conselho de Informática do Estado do Rio de Janeiro de 1987 a 1990. Nos seus últimos anos de vida, foi membro da Academia Nacional de Engenharia e consultor científico da presidência da Consist.[7]

Era também Membro do Rotary Club do Brasil.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Atkinson, Cyril P.; Pacitti, Tércio. Programação e Métodos Computacionais. 4 ed. Rio de Janeiro: LTC, 1983. 431 pp. 2 vol. vol. 1. ISBN 85-216-0283-9
  • Atkinson, Cyril P.; Pacitti, Tércio. Programação e Métodos Computacionais. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC, 1976. 380 pp. 2 vol. vol. 2. ISBN 85-216-0284-7
  • Pacitti, Tércio. Fortran Monitor. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1967. 282 pp.
  • Pacitti, Tércio. Programação - Princípios. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1985. 361 pp.
  • Pacitti, Tércio. Construindo o Futuro através da Educação: Do Fortran a Internet. 3ª ed. Rio de Janeiro: Thomsom, 2003. 472 pp. ISBN 85-221-0331-3
  • Pacitti, Tércio. Paradigmas do Software Aberto. Rio de Janeiro: LTC, 2006. 156 pp. ISBN 85-216-1467-5

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Excelência em Software concedido pelo Centro Internacional de Tecnologia em Software (CTIS), 1996[7]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Tércio Pacitti foi recipiente, entre outras, das seguintes medalhas:

Referências

  1. Morre aos 85 anos Tércio Pacitti, pioneiro da informática no Brasil. G1 (18 de junho de 2014). Página visitada em 18 de junho de 2014.
  2. a b Tércio Pacitti - AEITA. Página visitada em 2010-05-22.
  3. Pacitti, Tércio. Construindo o Futuro através da Educação: Do Fortran a Internet. 3ª ed. Rio de Janeiro: Thomsom, 2003. 472 pp. ISBN
  4. Quinto número da Revista Chronos homenageia Professor Tércio Pacitti. Página visitada em 2010-05-22.
  5. iNCE. Página visitada em 2010-12-15.
  6. galeria de reitores. Página visitada em 2010-05-22.
  7. a b Brigadeiro Tércio Pacitti lança em Brasília “Paradigmas do Software Aberto”. Página visitada em 2010-05-22.
  8. Consulta de Recipientes da Ordem do Mérito Militar (em português). Exército do Brasil. Página visitada em 22 de maio de 2010.
  9. Relação Geral por Ordem Alfabética - Ordem do Mérito Naval (em português). Marinha do Brasil. Página visitada em 22 de maio de 2010.
  10. ALMANAQUE OMD E OMFA - Relação de Agraciados (em português). Ministério da Defesa. Página visitada em 23 de maio de 2010.
  11. Listagem Geral da Ordem Nacional do Mérito Científico (em português). Ministério da Ciência e tecnologia. Página visitada em 19 de abril de 2010.
  12. Consulta de Recipientes da Medalha do Pacificador (em português). Exército do Brasil. Página visitada em 22 de maio de 2010.
  13. Relação Geral por Ordem Alfabética - Medalha Mérito Tamandaré (em português). Marinha do Brasil. Página visitada em 31 de maio de 2010.
  14. Decreto n° 18.712, de 19/04/1982 (em português). Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Página visitada em 23 de maio de 2010.
  15. DOU 9/7/1973, página 29 - Seção I. (Portaria scc de 28-06-73) (em português). D.O.U. União. Página visitada em 28 de junho de 2010.
  16. DOU 23/3/1983, página 15 - Seção I. (em português). D.O.U. União. Página visitada em 28 de junho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]