Tênis de praia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O beach tennis é um esporte que surgiu na Itália, mais precisamente na província de Ravena, na década de 1980. Hoje já existem mais de um milhão de praticantes espalhados pelo mundo. O orgão internacional que é responsável pela modalidade é a ITF -International Tennis Federation (a mesma que é responsável pelo Tênis convencional) que realiza diversos campeonatos pelo mundo todo e divulga periodicamente o ranking dos atletas.

Além da ITF existe outra federação que também realiza torneios, a IFBT - International Federation of Beach Tennis.

Hoje o Beach Tennis já é praticado em diversos países, Itália, Brasil, Chile, Venezuela, Argentina, França, Espanha, Rússia, Estados Unidos, Japão, Portugal, República Tcheca, Bermudas, Países Baixos, Aruba, Austrália e Curaçao são apenas alguns dos exemplos.

Beach tennis no Brasil[editar | editar código-fonte]

O beach tennis chegou ao Brasil em 2008 através de uma iniciativa de Leopoldo Correa e Adão Chagas. Uma das pioneiras da modalidade no Brasil foi a tenista Marcela Evangelista.

Diversas cidades brasileiras já se tornaram referência na prática do Beach Tennis como Rio de Janeiro, Santos, Fortaleza, Vitória, Vila Velha, Balneário Camboriú, Porto Alegre, Mogi das Cruzes, Guarujá, João Pessoa, Novo Hamburgo (RS), Natal (RN), e Porto Seguro e muitas outras estão cada vez mais conquistando seu lugar no esporte como por exemplo Belo Horizonte, Brasília e outras.

Hoje o Brasil já é a segunda potência no esporte (ficando atrás apenas da Itália)

No Ranking Mundial (ITF) as líderes do ranking feminino são as Brasileiras Joana Cortez e Samantha Barijan. No masculino os italianos ainda detem as primeiras posições mas o Brasil surge logo em 3° com Vinícius Font, em 9° com Marcus Ferreira e Thales Santos e fechando o Top 20 ainda possui Guilherme Prata atualmente em 13°.(fonte: ITF - Beach Tennis Rankings)

Outro grande passo no desenvolvimento do Beach Tennis no Brasil foi a criação da AJB (Associação dos Jogadores de Beach Tennis) que reuni diversos atletas e visa a defesa dos interesses dos praticantes, e tem como foco a criação de um sistema onde os jogadores possam alcançar o maior grau de prazer e satisfação, pessoal e coletivo, com respeito ao próximo e dentro das regras em vigor.

Regras[editar | editar código-fonte]

O beach tennis pode ser disputado em simples ou em dupla e é jogado com raquete e bola padronizadas. As raquetes não possuem corda e são feitas de materiais como kevlar, grafite e carbono, além de terem medidas de no máximo trinta centímetros de largura e cinquenta e cinco centímetros de comprimento (anteriormente nos Estado Unidos eram utilizadas raquetes de Tênis convencionais, porém atualmente todos já utilizam as raquetes específicas da modalidade. Já a bola parece com a de tênis, porém é despressurizada (bola soft) atualmente são utilizadas as bolas "Stage 2" (estágio 2) de coloração alaranjada. O material pode ser encontrado em algumas lojas de esporte e também pela internet.

O jogo é disputado em uma quadra de areia – com área de 16×5m para simples e 16×8m para dupla – e uma rede de 1,70 m de altura. O objetivo de cada jogador é devolver a bola recebida, sem tocar no chão e com apenas uma raquetada, para o campo adversário. O jogo segue a mesma contagem do tênis convencional, mas com o "no-add" (sem vantagem). No desenvolver do jogo, cada jogador saca um game inteiro. O saque difere um pouco do tênis, já que pode ser executado de qualquer lugar da quadra e, se raspar na fita e passar para o lado adversário (net), continua-se o ponto.

As categorias e o número de games jogados variam dependendo da organização do torneio. As principais categorias são: simples feminina, simples masculina, dupla feminina, dupla masculina e dupla mista. No Brasil, os torneios geralmente incluem as categorias: Profissional, A, B, Master +45, iniciante e infantil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]