Tício

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tício (em grego: Τιτυός, transl. Tityós), na mitologia grega era um gigante, filho de Zeus e Elara, filha de Orcómeno.[1] Zeus escondeu Elara de sua esposa, Hera, embaixo da Terra, onde ela deu à luz.[1] Tício cresceu tanto que acabou por dividir o ventre de sua mãe em duas partes, o que leva muitas versões a considerar Tício como filho de Gaia.

Tício tentou violentar Leto, instigado por Hera, e foi morto a flechadas por Apolo e Ártemis.[1] Como tortura eterna, foi condenado a ficar, após sua morte, esticado no Hades, preso por seus braços e pernas, o qual cobria nove hectares [2] , com abutres comendo o seu fígado.[1]

O nome Tício pode ser derivado da palavra grega Tisis, que significa aquele que sofre represálias. Alternativamente, Tício pode estar ligado com a palavra Tityroi, nome beócio para sátiros tocadores de flauta. [3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.